Columela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o animal, veja Columela (gastrópode). Para o osso único do ouvido médio presente em anfíbios e répteis, veja Ouvido médio#Anatomia comparativa.
Columela
Nascimento 4
Cádiz
Morte 70 (66 anos)
Tarento
Cidadania Roma Antiga
Ocupação escritor
Estátua de Columela, na Plaza de las Flores, em Cádis, Espanha
De re rustica, 1564

Lúcio Júnio Moderato (em latim: Lucius Junius Moderatus), de apelido ou alcunha Columela (latim: Columella; Gades, 4 d.C.Tarento, entre os anos 60 e 70 d.C.) foi um escritor romano, reconhecido pelos seus tratados sobre agronomia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido na Bética, tal como Séneca, de quem foi amigo, esteve algum tempo no exército romano e foi tribuno na Síria no ano 35 d.C. Mudou-se para Roma, onde se dedicou à agricultura em grande escala, pondo em prática os seus conhecimentos. Na capital do Império Romano formou parte dos círculos sociais mais elevados.

Da sua obra escrita chegaram-nos Res rustica [1] (Os trabalhos do campo) e Liber de arboribus [2] (Libro das árvores). Na primeira destas obras, dividida em doze volumes, e inspirando-se em obras anteriores de Catão, o Velho, Marco Terêncio Varrão e outros autores latinos, gregos ou cartagineses, trata sobre todos os trabalhos do campo no mais amplo sentido do termo: desde a prática da agricultura, pecuária e apicultura, até à cura de animais, passando pela elaboração de distintos produtos e conservas. No livro De arboribus discorre sobre o cultivo arvense, como o da videira, até árvores como a oliveira ou as árvores de fruto, e mesmo flores como a violeta ou a rosa. A obra de Columella é considerada o reportório mais extenso e documentado sobre agricultura romana.

Outros Agrônomos Romanos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências