Concentração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Concentração (desambiguação).

Em Química, concentração é a razão entre a quantidade ou a massa de uma substância e o volume ou massa do solvente em que essa substância se encontra dissolvida. A forma com que uma substância se distribui em outra por unidade de referência.

Para que seja considerada uma solução é necessário que o solvente "envolva" as partículas de soluto, tal processo é chamado de solvatação. A partir disto, falemos em concentração, quanto mais partículas de soluto são envolvidas pelo solvente por unidade (mL, L, g, kg), mais concentrada é a solução e quanto menos partículas de soluto são solvatadas pelo solvente, menos concentrada é a solução.

Concentração comum de uma solução (C)[editar | editar código-fonte]

A chamada concentração comum de uma solução é dada pela razão entre a massa do soluto, m, em gramas (g) e o volume, (v), da solução em litros (L). A unidade usual é g/L, a do Sistema Internacional (SI) é kg/:

Pode ainda ser expressa pelas verdadeira unidades físicas g/ml, g/cm³, kg/L, etc. Em algumas atividades, como análises clínicas, são usadas variações como g/100ml, g/100 cm³ ou g/dL ou ainda mg/mL.

Exemplo:

Num recipiente de volume máximo 2 L foram adicionadas 3 colheres de chá com 2 g de sal de cozinha (NaCl) cada uma. Se após este procedimento adicionam-se uma quantidade de água para encher todo o recipiente, o cálculo é feito seguindo o raciocínio:

ou seja, em cada litro dessa solução aquosa há 3 g de NaCl.

Concentração molar de uma solução ou molaridade ([])[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Concentração molar

É dada pela razão entre a quantidade de matéria, n, do soluto em mol (mol) e o volume, v, da solução em litros (L). A unidade usual é mol/L ou M (lê-se "molar"), a do SI é mol/m³:

Exemplo:

Adiciona-se 3 mol de NaCl em um recipiente de 10 litros. Logo, a concentração molar é

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.