Corrida para o mar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Corrida para o mar
Frente Ocidental da Primeira Guerra Mundial
Race to the Sea 1914.png
Um mapa mostrando os avanços militares durante a corrida para o mar.
Data 15 de Setembro - 8 de Outubro de 1914
Local Bélgica e norte da França
Desfecho impasse militar
Beligerantes
 Bélgica
 Terceira República Francesa
 Império Alemão
Comandantes
Alberto I da Bélgica
Joseph Joffre
Sir John French
Erich von Falkenhayn

Corrida para o mar foi o nome dado a um período da Primeira Guerra Mundial em que, na Frente Ocidental, os dois lados estavam envolvidos em batalhas constantes, procurando por um flanco.[1] Como o avanço alemão estagnou na Primeira Batalha do Marne, os oponentes tentaram flanquear continuamente um ao outro por todo o nordeste da França. Esse processo levou as forças de volta às posições costeiras do Mar do Norte, na Bélgica ocidental. Em seguida, a natureza das operações mudou para a guerra de trincheiras, que é um combate de cerco em grande escala. Isto produziu uma contínua linha de frente formada por trincheiras de mais de três mil quilômetros de extensão.

Referências

  1. Neidell, Indy (25 de setembro de 2014). «The Russian War Machine And The Race To The Sea». The Great War. Temporada 1. Episódio 9 (em inglês). No minuto 3. Mediakraft Networks. Consultado em 9 de julho de 2017. They began to try attack each other from the side, the flank. Tradução: Eles começaram a tentar atacar o outro pelos lados, pelo flanco. 
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.