Teatro de operações do Oriente Médio na Primeira Guerra Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teatro de operações do Oriente Médio
Primeira Guerra Mundial
G.C. 18 March 1915 Gallipoli Campaign Article.jpg
Data 30 de outubro de 1914-30 de outubro de 1918
Local Oriente Médio
Desfecho Derrota contundente otomana; tratados de Brest-Litovsk, Batum e Sèvres.
Mudanças territoriais Partilha do Império Otomano
Beligerantes
Rússia Império Russo (1914–17)
Arménia Armênia
Reino Unido Império Britânico
França França
Reino de Itália Itália
Flag of Hejaz 1917.svg Revolta Árabe
Flag of Hejaz 1917.svg Reino do Hejaz
Império Otomano Império Otomano
Império Alemão Império Alemão
Flag of Cyrenaica.svg Senussi (até 1915)
Civil ensign of Austria-Hungary (1869-1918).svg Áustria-Hungria[1][2] (limitado)
Forças
+ 3 620 000 soldados
  • Flag of the United Kingdom.svg 2 550 000 (australianos, canadenses, neozelandeses, indianos, sul-africanos, britânicos, entre outros)
  • Rússia 1 000 000
  • Reino de Itália 70 000
Milhares de aliados árabes e franceses (com suas tropas coloniais)
2 800 000 soldados

Auge:
  • Império Otomano 800 000
  • Império Alemão 20 000 (1918)
Baixas
1 250 000 mortos, feridos, desaparecidos ou capturados 1 500 000 mortos, feridos, desaparecidos ou capturados

O teatro de operações do Oriente Médio na Primeira Guerra Mundial foi disputado entre as Potências Aliadas, particularmente os impérios britânico e russo de um lado, e as chamadas Potências Centrais, especialmente o Império Otomano e uma missão militar alemã no outro. O lado dos Aliados na região também incluiu os árabes, que participaram na chamada Revolta Árabe e na Campanha do Sinai e da Palestina, e os armênios, que estabeleceram a República Democrática da Armênia depois da Revolução Russa de 1917.

As batalhas no teatro do Oriente Médio se iniciaram em 29 de outubro de 1914, e as hostilidades cessaram em 30 de outubro de 1918, com a assinatura de um tratado de paz em 10 de agosto de 1920; foi o maior dos teatros de operação da Primeira Guerra, e foi composto de quatro campanhas principais: a Campanha do Sinai e da Palestina, a Campanha Mesopotâmica, a Campanha do Cáucaso e a Batalha de Galípoli (ou Batalha de Dardanelos). Campanhas menores ocorreram na Arábia, em Áden e na Pérsia.

Referências

  1. Austro-Hungarian Army in the Ottoman Empire 1914-1918
  2. Jung, Peter; Austro-Hungarian Forces in World War 1 (Part 1) (Osprey, 2003), p.47
Portal A Wikipédia tem o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.