Cultura da Eritreia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde fevereiro de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A cultura da Eritreia é influenciada pelo seu clima na região do Sahel da África, e laços históricos com a Etiópia, Sudão, Arábia e Itália. Embora a cultura da Eritreia seja mais estreitamente associada com a língua Tigrinya dos habitantes do planalto, existem várias outras etnia e grupos linguísticos que influenciaram a cultura. Ser localizada no mar Vermelho, bem como, é a ocupação de parte do planalto etíope, também são fatores importantes.

Religião[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Religião na Eritreia

Embora não existam estatísticas confiáveis, estima-se que 50% da população da Eritreia é muçulmana sunita e 30% são cristãos ortodoxos.[1] Cerca de 13% da população é católica romana, enquanto grupos que constituem menos de 5% da população incluem protestantes, os Adventistas do sétimo dia, as Testemunhas de Jeová, budistas, hindus e Baha'is. Cerca de 2% da população pratica religiões tradicionais.

Referências

  1. International Religious Freedom Report 2007: Eritrea. United States Bureau of Democracy, Human Rights and Labor (September 14, 2007). This article incorporates text from this source, which is in the public domain.