Daddy Day Care

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Daddy Day Care
O Guarda-Fraldas (PT)
A Creche do Papai (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2003 •  cor •  92 min 
Direção Steve Carr
Produção John Davis
Wyck Godfrey
Matt Berenson
Roteiro Geoff Rodkey
Elenco Eddie Murphy
Jeff Garlin
Steve Zahn
Regina King
Anjelica Huston
Lacey Chabert
Elle Fanning
Gênero Comédia
Filme família
Música David Newman
Cinematografia Steven Poster
Edição Christopher Greenbury
Companhia(s) produtora(s) Revolution Studios
Davis Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 9 de maio de 2003
Brasil 20 de junho de 2003
Portugal 20 de dezembro de 2003
Idioma Inglês
Orçamento US$ 60 milhões[1]
Receita US$ 164 433 867[1]
Cronologia
Daddy Day Camp
Página no IMDb (em inglês)

Daddy Day Care (A Creche do Papai BRA ou O Guarda-Fraudas POR) é um filme estadunidense, uma comédia lançada em 9 de maio de 2003, estrelada por Eddie Murphy e co-estrelado por Anjelica Huston e escrito por Geoff Rodkey e dirigida por Steve Carr. Foi produzido pela Revolution Studios e lançado pela Columbia Pictures. Embora o filme recebeu críticas negativas em sua maioria, era bem sucedido financeiramente, arrecadando 164 milhões de dólares em todo o mundo com um orçamento de 60 milhões de dólares além de cópias e publicidade. A sequência de 2007 Daddy Day Camp, estrelado por Cuba Gooding, Jr., foi quase universalmente alvo dos críticos e fracassou nas bilheterias.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O publicitário Charlie Hinton (Eddie Murphy) e seu melhor amigo Phil (Jeff Garlin) estão trabalhando em uma nova linha de cereal infantil, quando acabam despedidos. Agora, eles têm que ficar em casa cuidando de seus filhos pequenos, enquanto suas esposas trabalham. Sem muito dinheiro para pagar uma creche decente para o filho, Charlie decide abrir a sua própria em casa, mesmo que ele e Phil não levem o menor jeito com as diversas crianças pestinhas correndo por toda a parte. No entanto, com o tempo, "A Creche do Papai" vai ganhando mais crianças e logo se torna um sucesso, o que começa a atrapalhar os negócios da escola da rígida Srta. Harridan (Anjelica Huston) que incomodada com a concorrência, decide agir para que o local seja fechado.[2][3]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Crítica[editar | editar código-fonte]

Daddy Day Care tem recepção desfavorável por parte da crítica profissional. No Rotten Tomatoes possui Tomatometer de 28% em base de 125 críticas. Por parte da audiência do site a aprovação é de 49%.[5]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Apesar das avaliações críticas negativas, o filme foi um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de $160 milhões no mundo inteiro baseado em um orçamento de $60 milhões.[1]

Sequência[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Daddy Day Camp

Devido ao sucesso do filme, a sequência foi lançado em 2007 intitulado Daddy Day Camp, com Cuba Gooding, Jr. substituindo o papel de Eddie Murphy como Charlie Hinton.

A sequência foi quase universalmente alvo dos críticos e é considerado um importante fracasso de bilheteria, embora triplicou seu orçamento (fazendo mais de $18 milhões). Os únicos personagens que retornam do filme original foram Charlie, Phil, Ben, Max, Kim e Becca, todos os quais foram interpretados por pessoas diferentes.

Em 2007, o filme ganhou o prêmio Framboesa de Ouro para "Pior Prequela ou Sequência".

Referências

  1. a b c Daddy Day Care (em inglês) no Box Office Mojo
  2. «A Creche do Papai - Cineplayers». Cineplayers. Consultado em 5 de Dezembro de 2016. 
  3. «Filme - A Creche do Papai (Daddy Day Care) - CinePOP». Consultado em 1 de janeiro de 2014. 
  4. «A Creche do Papai (Daddy Day Care) - 2003 - InterFilmes.com». Consultado em 1 de janeiro de 2014. 
  5. «Daddy Day Care - Rotten Tomatoes» (em inglês). Consultado em 1 de janeiro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]