Dalmo Claro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dalmo Claro
Deputado estadual de Santa Catarina
Período 10 de fevereiro de 2015
até 1º de fevereiro de 2019
Dados pessoais
Nome completo Dalmo Claro de Oliveira
Nascimento 7 de julho de 1955 (66 anos)
Joinville, SC
Nacionalidade Brasil
Partido PT (2003-2005)
PDT (2005-2007)
PMDB (2007-2017)
PSD (2017-2020)
PSDB (2020)
PSL (2020-presente)
Profissão médico
linkWP:PPO#Brasil

Dalmo Claro de Oliveira (Joinville, 7 de julho de 1955) é um médico e político brasileiro filiado ao Partido Social Liberal (PSL).

Filho de Omar Claro de Oliveira e Diahyr Moura de Oliveira. Foi candidato a deputado estadual para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina nas eleições de 2014, obtendo a 4ª suplência, assumindo o mandato em 10 de fevereiro de 2015.[1][2]

Investigação[editar | editar código-fonte]

Em 19 de Janeiro de 2021, foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão cumpridos pela Polícia Federal. A operação é especializada no combate às práticas de crimes de corrupção, fraude em procedimentos licitatórios e lavagem de dinheiro.[3]

Referências

  1. Dalmo Claro, Memória Política de Santa Catarina, em memoriapolitica.alesc.sc.gov.br
  2. «Dalmo Claro de Oliveira assume uma cadeira no Legislativo catarinense». agenciaal.alesc.sc.gov.br. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  3. «Candidato a prefeito e ex-secretário da Saúde, Dalmo Claro é alvo da Operação Hemorragia». ND. 20 de janeiro de 2021. Consultado em 30 de janeiro de 2021