Daniel Infantini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Daniel Infantini é um ator de teatro, cinema e televisão, e figurinista brasileiro. Natural de Caconde, SP.
É formado pela Escola de Arte Dramática - ECA-USP.

Experiência profissional[editar | editar código-fonte]

Como Ator[editar | editar código-fonte]

Televisão
Universal Channel - direção Roberto D'Ávila - tv 2016
Canal HBO – Brasil/ Uruguai / Argentina – TV 2015
Cinema
  • "Rodantes" (longa-metragem) - 2016
  • "Verbena" (curta-metragem) - 2016
  • “Submarino” (curta-metragem) - 2015
  • A era de ouro (curta-metragem) - 2014
  • Enleio (curta-metragem) – 2012
Teatro
  • Garrincha – 2016
  • In Extremis – 2015
  • A Hora Amarela” - 2014
  • Lampião e Lancelote 2014
  • No Exit - entre quatro paredes – 2013
  • The Pillowman – o homem travesseiro - 2012
  • Os olhos de Nebul - 2011
  • Quem tem medo de Curupira? - 2010
  • Histórias de Chuva – 2010
  • Histórias de Chuva: gênese - 2010

Prêmios e Indicações – Ator[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Femsa de Teatro - melhor ator por “Lampião & Lancelote” (2013)
  • Prêmio Qualidade Brasil de melhor ator por “Lampião & lancelote” (2013)
  • Prêmio Bibi Ferreira de ator revelação em musical por[[Lampião e lancelote” (2013)
  • Indicação ao Prêmio Femsa de Teatro - melhor ator por “ Quem tem medo de Curupira?” (2010)
  • Indicação ao prêmio de melhor intérprete no Festival Nacional de Teatro de Piracicaba por “Histórias de Chuva: gênese” (2010)
  • Indicação ao prêmio de melhor ator coadjuvante no XXI Festival Nacional de Teatro de Pindamonhangaba por “O Cadarço Laranja” (2007)
  • Prêmio de ator revelação no XXIX Festival Nacional de Teatro de Pindamonhangaba por “O detector de Sacis” (2005)
  • Prêmio Leão de Ouro no Cultura Inglesa Festival por “La Chunga” (2002)
  • Prêmio de melhor ator no XVI Festival de Teatro de Blumenau por “La Chunga” (2001)
  • Prêmio de melhor ator coadjuvante no XXV Festival Nacional de Teatro de Pindamonhangaba por “La Chunga” (2001)
  • Indicação ao prêmio de melhor ator no Festivale de São José dos Campos, por “La Chunga” (2002)

Como Figurinista[editar | editar código-fonte]

Prêmios e Indicações – Figurino[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Acesc de melhor figurino por “Monstrupe” (2013)
  • Prêmio Acesc de melhor figurino por “Chalabulá” (2012)
  • Prêmio Acesc de melhor figurino por “O Corcunda de Notredame” (2011)
  • Prêmio de melhor figurino no Festival de Limeira por “Sobre tomates, tamancos e tesouras” (2010)
  • Prêmio de melhor projeto de indumentária no 5º Fentepira, por “Histórias de Chuva: gênese” (2010)
  • Indicação ao Prêmio Coca-Cola Femsa de figurino por “Família Dragão” (2009)
  • Indicação ao Prêmio Coca-Cola Femsa de figurino por “Rebimboca e Parafuseta” (2007)
  • Indicação ao Prêmio Coca-Cola Femsa de figurino por “O Cadarço Laranja” (2007)
  • Prêmio de melhor figurino no 2º Fentepira por “O Cadarço Laranja” (2007)
  • Indicação ao prêmio de melhor figurino no XXI Feste por “O Cadarço Laranja” (2007)

Referências

Web
  • "Globo Teatro" [1] sobre "In Extremis" e "The Pillowman". [[2]]
  • Blog do Dirceu sobre "In Extremis". [[3]]
  • Ambrosia sobre "In Extremis" [[4]]
  • "Brasileiros" sobre "A Hora Amarela" [[5]]
  • "Sesi" sobre "Prêmio Bibi Ferreira" [[6]]
  • "Aplauso Brasil" sobre "In Extremis" [[7]]
  • "Glamurama" sobre "In Extremis" [[8]]
  • "Miguel Arcanjo" sobre o Prêmio Coca-Cola Femsa para “Lampião e Lancelote” [[9]]
  • "Tudo para Homens" sobre "“O Hipnotizador” / “El Hipnotizador”, do Canal HBO [[10]]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]