Daniel Prodan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Prodan
Informações pessoais
Nome completo Daniel Claudiu Prodan
Data de nasc. 23 de março de 1972 (43 anos)
Local de nasc. Satu Mare,  Roménia
Altura 1,88 m
Apelido Tătuca, Didi
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1991–1992
1992–1996
1997–1998
1998–2001
2000
2000–2001
2001
2002
2002–2003
Roménia Olimpia Satu Mare
Roménia Steaua Bucareste
Espanha Atlético de Madri
Escócia Rangers
Roménia Steaua Bucareste (Vindo de Empréstimo)
Roménia Rocar (Vindo de Empréstimo)
Roménia Naţional Bucareste
Itália Messina
Roménia Naţional Bucareste
- (-)
121 (10)
34 (4)
68 (0)
1 (0)
15 (3)
5 (0)
5 (1)
7 (0)
Seleção nacional
1992-1993
1993-2001
Flag of Romania.svg Romênia sub-21
Flag of Romania.svg Romênia
10 (0)
54 (1)

Daniel Claudiu Prodan (Satu Mare, 23 de março de 1972) é um ex-futebolista romeno. Jogou a Copa de 1994 e a Eurocopa de 1996.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Por clubes, Prodan atuou por 12 anos. Iniciou sua carreira em 1991, defendendo o Olimpia Satu Mare, de sua cidade natal. Conseguiu destaque atuando no Steaua Bucareste, onde esteve entre 1992 e 1996, marcando 10 gols em 121 jogos. Teve ainda passagens razoáveis por Atlético de Madri (1997-98, 34 partidas e 4 gols) e Rangers (1998-2001, 68 partidas).

A partir de 2000, as contusões, que foram uma constante na carreira de Prodan, começaram a minar seu espaço nas demais equipes em que ele jogou: na segunda passagem do zagueiro no Steaua (por empréstimo), em 2000, atuou apenas uma vez. Tentou se reencontrar no inexpressivo Rocar, onde marcou 3 gols em 15 partidas. Entre 2001 e 2003, passou sem nenhum destaque por Naţional Bucareste e Messina, até encerrar sua carreira com apenas 31 anos.

Seleção romena[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Romena de Futebol, Prodan disputou 54 partidas e marcou um gol, contra a Eslováquia, em 1994. Na Copa realizada nos Estados Unidos, foi titular da equipe que chegou até as quartas-de-final, onde capitulou frente à Suécia na decisão por pênaltis.

Esteve ainda na Eurocopa de 1996, mas o selecionado liderado por Gheorghe Hagi não repetiu o desempenho de 2 anos antes, e caiu na primeira fase, sem pontuar. Aquela foi a última competição internacional disputada por Prodan, que acabou esquecido por Anghel Iordănescu para a Copa de 1998 e para a Eurocopa de 2000, agora com Emerich Jenei no comando técnico.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de RoméniaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas romenos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.