David Ayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Ayer
David Ayer na San Diego Comic-Con International 2017.
Nascimento 18 de janeiro de 1968 (49 anos)
Champaign, Illinois, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Ocupação Diretor, produtor, roteirista
Atividade 2000–presente
IMDb: (inglês)

David Ayer (Champaign, Illinois, 18 de janeiro de 1968) é um diretor, produtor e roteirista americano. Ele é mais conhecido por ser o roteirista de Training Day (2001), e o diretor e roteirista de Os Reis da Rua (2008), End of Watch (2012), Fury (2014) e Esquadrão Suicida (2016).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ayer nasceu em Champaign, Illinois, em 18 de janeiro de 1968, e cresceu em Bloomington, Minnesota e Bethesda, Maryland. Ayer foi expulso de casa pelos seus pais durante a adolescência.[1] Ele então morou com seu primo em Los Angeles, Califórnia, onde suas experiências em South Central Los Angeles tornaram-se a inspiração para muitos de seus filmes.[2] Ayer então se alistou na Marinha dos Estados Unidos.[3][4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

O roteiro de Ayer, U-571, de 2000, foi baseado em suas experiências na Marinha dos Estados Unidos. Ayer colaborou no roteiro de The Fast and the Furious, de 2001, que iniciou uma popular franquia de filmes, e foi sua pesquisa no Departamento de Polícia de Los Angeles que levou ao seu roteiro mais proeminente, Training Day, também de 2001. Ayer também escreveu os roteiros de Dark Blue, de 2002, e S.W.A.T., lançado em 2003.

A estreia de Ayer na direção foi com o filme Harsh Times, de 2005, um drama nas ruas de South Central Los Angeles, mostrando como o uso de drogas e as experiências militares passadas afetam as tentativas das pessoas de levar vidas normais. Ele então dirigiu o thriller policial Os Reis da Rua, que foi lançado em 2008.

Ayer na estreia de Fury no Newseum em Washington D.C.

Ayer escreveu e dirigiu End of Watch, um drama sobre a vida diária de dois policiais da South Central Los Angeles, interpretados por Jake Gyllenhaal e Michael Peña. O filme foi lançado no outono de 2012, tendo um rentável retorno de bilheteria e recepção favorável da crítica, com o crítico Roger Ebert nomeando-o como o quarto melhor filme de 2012 e como "um dos melhores filmes policiais nos últimos anos".[5] Seu próximo filme foi o thriller policial Sabotage, estrelado por Arnold Schwarzenegger, de 2014. Ele escreveu e dirigiu o filme Fury, ambientando na Segunda Guerra Mundial, estrelado por Brad Pitt, Shia LaBeouf e Logan Lerman, que foi lançado em 2014.[6]

Ayer escreveu e dirigiu Esquadrão Suicida, filme baseado na equipe de equipe homônima de anti-heróis da DC Comics, que foi lançado em 2016. O filme, juntamente com a direção de Ayer, recebeu críticas negativas, embora tenha se tornado seu filme mais bem sucedido comercialmente até agora.[7]

Ayer dirigiu o "thriller policial contemporâneo, mas com elementos fantásticos" intitulado Bright, estrelado por Will Smith e Joel Edgerton, com um roteiro escrito por Max Landis que o próprio Ayer reescreveu.[8][9] O filme será distribuido pela Netflix em 2017.

Em 13 de dezembro de 2016, Ayer foi trazido para dirigir o spin-off de Esquadrão Suicida, intitulado Gotham City Sirens, estrelado por Margot Robbie reprisando seu papel de Arlequina.[10]

Em maio de 2017, Ayer teria entrado em negociações para dirigir um reboot de Scarface, que será escrito pelos Irmãos Coen.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel
Diretor Roteirista Produtor
2000 U-571 Sim
2001 Training Day Sim Sim
The Fast and the Furious Sim
2002 Dark Blue Sim
2003 S.W.A.T. Sim
2005 Harsh Times Sim Sim Sim
2008 Os Reis da Rua Sim
2012 End of Watch Sim Sim Sim
2014 Sabotage Sim Sim Sim
Fury Sim Sim Sim
2016 Esquadrão Suicida Sim Sim
2017 Bright Sim Sim Sim
TBA Commando Sim
Gotham City Sirens Sim Sim

Colaboradores recorrentes[editar | editar código-fonte]

Actor Harsh Times (2005) Os Reis da Rua (2008) End of Watch (2012) Sabotage (2014) Fury (2014) Esquadrão Suicida (2016) Bright (2017) Total
Ike Barinholtz Sim Sim 2
Corina Calderon Sim Sim 2
Common Sim Sim 2
Maurice Compte Sim Sim 2
Terry Crews Sim Sim 2
Scott Eastwood Sim Sim 2
Noel Gugliemi Sim Sim 2
David Harbour Sim Sim 2
Brad William Henke Sim Sim 2
Alex Meraz Sim Sim 2
Michael Monks Sim Sim Sim Sim 4
Jim Parrack Sim Sim 2
Michael Peña Sim Sim 2
Emilio Rivera Sim Sim 2
Cle Shaheed Sloan Sim Sim Sim 3
Will Smith Sim Sim 2
Kevin Vance Sim Sim Sim Sim 4

Recepção[editar | editar código-fonte]

Diretor
Filme Rotten Tomatoes[11] Orçamento Bilheteria[7]
Harsh Times 48% $2 milhões $5.9 milhões
Os Reis da Rua 36% $20 milhões $65.6 milhões
End of Watch 85% $7 milhões $57.6 milhões
Sabotage 20% $35 milhões $17 milhões
Fury 77% $68 milhões $211.8 milhões
Esquadrão Suicida 25% $175 milhões $745.6 milhões

Referências

  1. Simon, Jeff (17 de outubro de 2014). «David Ayer's bumpy and brilliant road to Fury». [The Buffalo News. Consultado em 22 de julho de 2016 
  2. Carbone, Nick (11 de setembro de 2012). «'End of Watch' Director David Ayer on Reinventing the Cop Genre». TIME. Consultado em 22 de julho de 2016 
  3. Barnes, Henry (16 de outubro de 2014). «David Ayer: 'There's something maternal about the tank in Fury'». The Guardian. Consultado em 22 de julho de 2016 
  4. Gettell, Oliver (19 de setembro de 2012). «David Ayer writes his own rules for the cop genre in 'End of Watch'». Los Angeles Times. Consultado em 22 de julho de 2016 
  5. Ebert, Roger (19 de setembro de 2012). «End of Watch». Chicago Sun-Times. Consultado em 21 de fevereiro de 2013 
  6. Lesnick, Silas (1 de maio de 2013). «Logan Lerman Enlists for Fury». ComingSoon.net 
  7. a b «David Ayer Movie Box Office Results». Box Office Mojo. Amazon.com. Consultado em 8 de julho de 2017 
  8. Goldberg, Matt (2 de março de 2016). «Will Smith and David Ayer Reteam for Bright with Joel Edgerton». Collider 
  9. Kroll, Justin (3 de março de 2016). «Will Smith, David Ayer Reteaming on Max Landis Spec 'Bright'». Variety 
  10. Kit, Borys (13 de dezembro de 2016). «David Ayer, Margot Robbie Reteam for All-Female DC Villains Movie 'Gotham City Sirens' (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 9 de maio de 2017 
  11. «David Ayer». Rotten Tomatoes. Consultado em 8 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]