David Ayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

David Ayer (Champaign, Illinois, 18 de janeiro de 1968) é um produtor, escritor e diretor estadunidense. Dos 12 filmes em que esteve envolvido, escreveu dez, dirigiu sete e produziu cinco arrecadando, segundo a bilheteria final dos filmes no Box Office Mojo, um total de 1 bilhão de dólares, o valor não inclui o longa-metragem anti-herói Esquadrão Suicida.

Escreveu os roteiros dos filmes U-571, Dia de Treinamento, Velozes e Furiosos, A Face Oculta da Lei, S.W.A.T., Tempos de Violência, Marcados Para Morrer, Sabotagem, Corações de Ferro e Esquadrão Suicida. Produziu os longas Dia de Treinamento, Tempos de Violência, Marcados Para Morrer, Sabotagem e Corações de Ferro.

A estreia como diretor veio em 2005 com o filme Tempos de Violência. Em seguida vieram Os Reis da Rua, Marcados Para Morrer, Sabotagem, Corações de Ferro e o inédito Bright. Devido ao ótimo desempenho com o filme Corações de Ferro, a Warner Bros. Pictures o escalou para escrever e dirigir o filme Esquadrão Suicida do Universo Estendido da DC.

Biografia[editar | editar código-fonte]

David Ayer foi expulso de casa pelos seus pais durante a adolescência, tendo-se instalado em Los Angeles, Califórnia, com o seu primo. As suas experiências no bairro de South Central são uma fonte de inspiração para os seus filmes, cuja ação se desenrola frequentemente neste espaço.

Ayer é respeitado pelo seu profundo conhecimento de Los Angeles: os contrastes entre a vida de rua nos bairros pobres e a vida de luxo nos bairros ricos. Estes temas sempre estão presentes em seus filmes.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.