Dia do Canadá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dia do Canadá
MoWestCanadaDay.JPG
Crianças observando o desfile do Dia do Canadá em Montreal, 2004
Nome oficial Canada Day (Inglês)
Outro(s) nome(s) Fête du Canada (Francês)
Seguido por Canadenses (Canadá)
Tipo Histórico, cultural e nacional
Data 1 de julho
Celebrações Fogos de artifício, desfiles, churrascos, concertos, feiras e piqueniques
Frequência Anual

O Dia do Canadá (em inglês: Canada Day, em francês: Fête du Canada) é o dia nacional do Canadá. É um feriado estatutário federal, que comemora o dia 1 de julho de 1867, e a promulgação do Ato constitucional de 1867 (então chamada de Ato da América do Norte Britânica), que uniu as três colônias separadas do Canadá: Nova Escócia e Nova Brunswick em um único domínio dentro do Império Britânico chamado de Província do Canadá.[1][2][3] Originalmente chamado de Dia do Domínio (francês: Le Jour de la Confédération), o feriado foi renomeado em 1982, ano em que a Lei do Canadá foi aprovada. As celebrações do dia do Canadá ocorrem em todo o país, bem como em vários locais ao redor do mundo, atendidos por canadenses que vivem no exterior.

Comemoração[editar | editar código-fonte]

Embora o Canadá já existisse antes de 1867, dentro dos impérios francês e britânico, o Dia do Canadá é frequentemente referido como "aniversário do Canadá", particularmente na imprensa popular.[4][5][6] No entanto este é um nome incorreto, pois o Dia do Canadá é o aniversário de apenas um importante marco nacional no caminho para a independência total do país, ou seja, a união em 1 de julho de 1867 das colônias de Nova Escócia, Nova Brunswick e do Canadá em uma federação britânica mais ampla de quatro províncias (a colônia do Canadá sendo dividida nas províncias de Ontário e Quebec após a confederação). O Canadá tornou-se um "reino por direito próprio" dentro do Império Britânico, chamado de Domínio do Canadá.[7][8][9][10] Apesar de na época ainda ser uma colônia britânica, o Canadá ganhou um maior nível de controle político e governança em relação aos seus próprios assuntos, embora o parlamento britânico e o gabinete ainda mantessem um controle político sobre certas áreas, como assuntos estrangeiros, defesa nacional e mudanças constitucionais. O Canadá gradualmente ganhou crescente independência ao longo dos anos, notadamente com a aprovação do Estatuto de Westminster em 1931, até finalmente se tornar completamente independente com a aprovação da Lei de Constituição de 1982, que serviu para patrocinar plenamente a constituição canadense.

De acordo com a lei,[11] o Dia do Canadá é comemorado em 1 de julho, a menos que essa data caia em um domingo, casos em que 2 de julho é o feriado legal. Os eventos comemorativos geralmente continuarão a ocorrer no dia 1 de julho, embora não seja o feriado legalmente.[12] Caso caia em um sábado, qualquer empresa normalmente fechada naquele dia geralmente irá dedicar a próxima segunda-feira (3 de julho) como um dia de folga.

Atividades[editar | editar código-fonte]

Os Snowbirds nas celebrações do Dia do Canadá em Ottawa, 2008

A maioria das comunidades em todo o país acolhe celebrações organizadas para o Dia do Canadá, tipicamente eventos públicos ao ar livre, como desfiles, carnavais, festivais, churrascos, shows aéreos e marítimos, fogos de artifício e concertos musicais gratuitos,[13] bem como cerimônias de cidadania.[14][15] Não existe um modo padrão de celebração para o Dia do Canadá, Jennifer Welsh, professora de Relações Internacionais da Universidade de Oxford, disse sobre isso: "O Dia do Canadá, como o país, é infinitamente descentralizado, não parece haver uma receita central para como celebrá-la na natureza da federação".[16] No entanto, o lugar oficial das celebrações é a capital nacional, Ottawa, na província de Ontário, onde grandes shows e exibições culturais são realizadas no parlamento,[17] com o governador-geral e o primeiro-ministro tipicamente oficiantes da cerimônia, embora o monarca ou outro membro da família real também possa assistir ou tomar o lugar do governador geral quando necessário. Pequenos eventos são montados em outros parques ao redor da cidade e em Gatineau no Quebec.

Dado o caráter federal do aniversário, celebrar o Dia do Canadá pode ser uma causa de fricção na província de Quebec, onde o feriado é ofuscado pelo feriado nacional de Quebec, no dia 24 de junho.[18][19] A natureza do evento também foi encontrada com críticas fora de Quebec, como o dado pelo colunista do cidadão de Ottawa, David Warren, que disse em 2007: "O Canadá nesses papéis de bandeira e de embalagens financiadas pelo governo que celebra a cada ano no que agora é chamado de "Dia do Canadá", não tem nada de canadense, você poderia acenar com uma bandeira diferente, e escolha outra pintura facial, e nada mudaria, não há nada de canadense nisso".[20]

O Dia do Canadá também coincide com o Dia da Mudança em Quebec, quando se expiram muitos contratos de locação fixa. O projeto de lei que mudou o dia da mudança na província de 1 de maio para 1 de julho foi introduzido por um membro federalista da assembléia nacional do Quebec, Jérôme Choquette, em 1973,[21] para não afetar crianças ainda na escola no mês de maio.[22]

Comemorações do dia do Canadá em Londres, 2013.

Celebrações internacionais[editar | editar código-fonte]

Os expatriados canadenses, muitas vezes, organizam as atividades do Dia do Canadá em sua área local em ou perto da data do feriado.[23] Exemplos incluem o Canadá D'eh, uma celebração anual que acontece em 30 de junho em Hong Kong, em Lan Kwai Fong, onde um levantamento estimado apontou 12 mil pessoas em 2008. Ocorrem também eventos das Forças canadenses em bases no Afeganistão,[24][25][26] e no México, na legião real canadense em Chapala,[27] e no clube canadense em Ajijic.[28] Na China, as celebrações do Dia do Canadá são realizadas no Bund Beach pela Câmara de Comércio do Canadá em Xangai.[29]

Referências

  1. «Canada in the Making > Constitutional History > 1867–1931: Becoming a Nation». Canadiana. Consultado em 16 de junho de 2011 
  2. Department of Natural Resources, Natural Resources Canada. «Natural Resources Canada > Atlas Home > Explore Our Maps > History > Territorial Evolution > Territorial Evolution, 1867». Queen's Printer for Canada. Consultado em 16 de junho de 2011 
  3. Moore, Christopher (2011). 1867: How the Fathers Made a Deal. [S.l.]: McClelland & Stewart. p. 215. Consultado em 30 de junho de 2013 
  4. Panetta, Alexander; Pedwell, Terry (2 de julho de 2007). «An unforgettable Canada Day, eh?». Toronto Star. Consultado em 12 de maio de 2007. 
  5. «Canada Day celebrations». Toronto Star. 29 de junho de 2007. Consultado em 12 de maio de 2007 
  6. Canwest News Service (1 de junho de 2007). «Harper salutes international role in Canada Day address». National Post. Consultado em 12 de maio de 2007 
  7. «Heritage Saint John &gt Canadian Heraldry». Heritage Resources of Saint John and New Brunswick Community College. Consultado em 3 de julho de 2009 
  8. The Royal Household. «The Queen and the Commonwealth > Queen and Canada > History and present government». Queen's Printer. Consultado em 3 de julho de 2009 
  9. «The Crown in Canada» (PDF). Queen's Printer for Canada. 2005: 7. Consultado em 3 de julho de 2009 
  10. Department of Canadian Heritage. «Canada: Symbols of Canada» (PDF). Queen's Printer for Canada: 3. Consultado em 1 de julho de 2010 
  11. Canada Department of Justice (1985). «Holiday Act». Canada Department of Justice. Consultado em 18 de junho de 2012 
  12. Government of Saskatchewan (18 de junho de 2007). «Canada Day to be observed Monday, July 2». Queen's Printer for Saskatchewan. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  13. «British Columbia and Yukon invited to participate to "Celebrate Canada!" Days». Department of Canadian Heritage. Consultado em 31 de maio de 2008 
  14. Citizenship and Immigration Canada. «Applying for citizenship > The citizenship ceremony». Queen's Printer for Canada. Consultado em 1 de julho de 2009 
  15. «Canadian Citizenship Oath». Robinson Sheppard Shapiro. Consultado em 1 de julho de 2009 
  16. Allemang, John (28 de junho de 2008). «We stand on guard for what?». Globe and Mail. Consultado em 1 de julho de 2009 
  17. Nielsen Business Media, Inc. (14 de julho de 2001). Billboard. [S.l.]: Nielsen Business Media, Inc. pp. 70–. ISSN 0006-2510 
  18. Fedio, Chloe (17 de junho de 2010). «Canada Day Parade organizers bemoan lack of political support». The Gazette. Consultado em 1 de julho de 2010. Arquivado do original em 21 de junho de 2010 
  19. Hustake, Aalan (25 de maio de 2008). «Proud Canadian, proud Quebecer who loved a parade». The Gazette. Consultado em 25 de maio de 2008 
  20. Warren, David (10 de julho de 2007). «Sea to sea». Ottawa Citizen 
  21. Lejtenyi, Patrick. «Moving day conspiracy». Montreal Mirror. Consultado em 1 de julho de 2009. Arquivado do original em 3 de junho de 2012 
  22. Madigan, Tracey (28 de junho de 2005). «Get a Move On». CBC. Consultado em 1 de julho de 2010 
  23. «Canada Day in London». Canada Day London. Consultado em 27 de junho de 2012 
  24. «Afghanistan Canada Day Celebrations Video Footage Available on Website» (Nota de imprensa). Queen's Printer for Canada. 29 de junho de 2006. Consultado em 1 de julho de 2009 
  25. «About Canada Day International». Canada Day International. 2013. Consultado em 1 de julho de 2015 
  26. «Troops refuse to let attack mar Canada Day break». CTV. 1 de julho de 2006. Consultado em 6 de agosto de 2009 
  27. O'Connor, Joe (29 de novembro de 2012). «As Legions shutter across Canada, veterans open a new branch in 'friendly' Mexico». National post. Consultado em 29 de junho de 2013 
  28. «Celebrate Canada Day with Your Friends». Canada Club. 2013. Consultado em 29 de junho de 2013 
  29. «The Canadian Chamber of Commerce in Shanghai to Celebrate Canada's 146th Anniversary». 17 de maio de 2013. Consultado em 18 de maio de 2013