Diabolus in Musica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diabolus in Musica
Álbum de estúdio de Slayer
Lançamento 9 de Junho de 1998
Gravação 1997 – 1998, nos Oceanway Studios, Hollywood Sound, Los Angeles, Califórnia, EUA
Gênero(s) Thrash metal, groove metal
Duração 40:24
Gravadora(s) American Recordings
Produção Slayer, Rick Rubin
Cronologia de Slayer
Último
Undisputed Attitude
(1995)
God Hates Us All
(2001)
Próximo
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3 de 5 estrelas. link

Diabolus in Musica é o sétimo álbum de estúdio da banda estadunidense Slayer, lançado a 9 de Junho de 1998.

Na sua primeira semana, o álbum vendeu 46 mil cópias nos Estados Unidos,[1] e atingiu o nº 31 da Billboard 200.[2] Em 16 de Agosto de 2006, o álbum tinha vendido um total de 290 mil cópias nos Estados Unidos.[1]

A maior parte do conteúdo do álbum foi escrito por Jeff Hanneman, o qual é descrito como o álbum mais experimental do Slayer. É o primeiro álbum de estúdio do grupo executado majoritariamente com afinação Drop C. As letras do disco abordam temas como religião, desvio cultural, guerra, insanidade e homicídio. O título em latim significa "O diabo na música" e é uma referência ao trítono.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Letra Música Duração
1. "Bitter Peace"   Jeff Hanneman Hanneman 4:32
2. "Death's Head"   Hanneman Hanneman 3:34
3. "Stain of Mind"   Kerry King Hanneman 3:24
4. "Overt Enemy"   Hanneman Hanneman 4:41
5. "Perversions of Pain"   King Hanneman 3:33
6. "Love to Hate"   Hanneman, King Hanneman 3:07
7. "Desire"   Tom Araya Hanneman 4:20
8. "In the Name of God"   King King 3:40
9. "Scrum"   King Hanneman 2:16
10. "Screaming from the Sky"   Hanneman, King, Araya Hanneman 3:12
11. "Point"   King Hanneman 4:11
  • A edição Australiana não contém a faixa #8.

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Tom Araya – baixo, vocais
  • Jeff Hanneman – guitarra
  • Kerry King – guitarra
  • Paul Bostaph – bateria
    • Rick Rubin – produtor
    • Howie Weinberg – masterização
    • Greg Gordon – engenheiro
    • Brian Davis – engenheiro assistente
    • John Tyree – engenheiro assistente
    • Sebastian Haimerl – engenheiro assistente
    • Allen Sanderson – engenheiro assistente
    • Exum – fotógrafo
    • Frank – diretor de arte
    • Wade Goeke – engenheiro assistente

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b "Slayer: Christ Illusion lands at No. 5 on Billboard chart!". Blabbermouth.net. 2006-08-16. Consult. 2007-03-19. 
  2. "Slayer's album chart history". Billboard.com. Consult. 2007-03-19. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Slayer é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.