Discussão:Guiné-Bissau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Amílcar Cabral[editar código-fonte]

descrever a historia da guiné bissau sem mencionar Amílcar Cabral é erro de palmatória.......

Edite o artigo. Inclua esta informação.--OS2Warp msg 21:56, 6 Janeiro 2007 (UTC)

A Independência da Guiné Bissau, foi proclamada unilateralmente no dia 24 de Setembro de 1973. A antiga potência colonial, Portugal, só viria a reconhecer o novo país em 1974. Dai alguma confusão quanto a verdadeira data da independência. o comentário precedente deveria ter sido assinado por 41.215.209.106 (discussão • contrib.) .

mediocre[editar código-fonte]

este tópico como muitos em portugues do brasil é de qualidade mediocre. a utilização de expressões idiomáticas brasileiras (ex. "derrubada") torna-o mais difícil de compreensão por não brasileiros. é cada vez mais evidente que a proliferação de textos em portugues do brasil em nada contribui para a qualidade da wikipédia em língua portuguesa.

Não haveria um guineense que reescrevesse o artigo na sua variante do Português? Agradece-se.

Minha reversão[editar código-fonte]

A razão principal da minha reversão de hoje reside no facto de a redacção por mim corrigida/melhorada ser equívoca e, no limite, errada. Como a Guiné-Bissau como tal não existia no tempo pré-colonial, não é ela que pertencia ao "reino" e "império" (por sinal termos eurocêntricos...), mas apenas a área geográfica a que corresponde (e a população que lá vivia, e que não era a mesma de hoje). Depois há a questão do reconhecimento da independência: o texto falava em 1974, mas na verdade o reconhecimento por parte dos diferentes países e instituições internacionais fez-se ao longo de alguns anos. Portanto há duas possibilidades: ou se faz constar este facto, eventualmente com detalhes, ou se deixa cair este aspecto, por ser pouco relevante. Se houver objecções a este meu raciocínio, agradecia o favor de me dizer. Aflis (discussão) 09h40min de 21 de agosto de 2015 (UTC)

Favor, ver Wikipédia:O que a Wikipédia não é. Luiz F. Fritz (discussão) 22h07min de 21 de agosto de 2015 (UTC)

Sei perfeitamente o que a WP é e não é - mas gostaria de saber a que você se refere, concretamente. E acharia normal que você respondesse com argumentos precisos aos meus (ver acima). Aflis (discussão) 22h40min de 21 de agosto de 2015 (UTC)

É contra a ética da Wikipédia insistir em edições contestadas sem oferecer qualquer justificação!Aflis (discussão) 09h06min de 27 de agosto de 2015 (UTC)

Edição desfeita[editar código-fonte]

No dia de 27 de maio de 2019 Você tinha desfeita a edição a edição 55272836 de Tio Henri " já esxiste um artigo em português sobre o tema" Mas na realidade a pagina em língua francêsa abrange mais informações sobre a História pre-colonial. Por isso que eu tinha escrito esta referencia neste artigo. Eu não sei escrever o português, por isso eu não posso acrescentar coisas desta História na pagina portuguesa.--Tio Henri (discussão) 10h38min de 10 de dezembro de 2019 (UTC)

Olá Tio Henri, quem desfez sua edição fui eu. Por mais que tenha sido de boa fé a sua colaboração, o mais correto era ter ido à página de discussão do artigo da história da Guiné-Bissau e ter deixado a sugestão (mesmo em francês) de ampliação do mesmo. Estou colaborando sobre Angola neste momento, mas minha previsão é de que em alguma hora chegue nos artigos sobre a Guiné e possa ampliá-los. Halleldiga! 13h30min de 10 de dezembro de 2019 (UTC)

Legendário?!?[editar código-fonte]

Legendário?!? Eu não conheço essa palavra. Será a versão brasileira de «lendário»? Se sim, porque considerar o Império do Mali de «lendário»? A existência desse império não é uma lenda, ele foi bem real. 41.74.138.212 (discussão) 13h11min de 24 de novembro de 2020 (UTC)