Discussão:Independência do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Google[editar código-fonte]

  • O Google colocou uma bandeira do Brasil na sua página principal que praticamente linca para cá. O que acham de uma proteção de alguns dias para esta página.-- Jo Lorib ->d 16h29min de 7 de setembro de 2010 (UTC)

Texto introdutório e outros ajustes[editar código-fonte]

Trabalhei no texto introdutório e na revisão da bibliografia hoje. O texto na versão inglesa está bem dotado de referência e este está estruturalmente bastante parecido. Vou tentar fazer e convido a todos a ajudar. Bruno Campos (discussão) 21h20min de 4 de maio de 2015 (UTC)

Anacoluto[editar código-fonte]

No início do texto, a frase "As Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa, instaladas em 1820, como uma consequência da Revolução liberal do Porto." está solta.

Proponho ajustar o período como segue: Independência do Brasil é um processo que se estende de 1821 a 1825 e coloca em violenta oposição o Reino do Brasil e o Reino de Portugal, dentro do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. As Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa, instaladas em 1820, como uma consequência da Revolução liberal do Porto, tomam decisões, a partir de 1821, vistas como um desejo de reduzir novamente no Reino do Brasil ao seu antigo estatuto colonial.

Raphael R Barbosa (discussão) 17h40min de 7 de setembro de 2015 (UTC)

@RaphaelRBarbosa: Yes check.svg Feito! Chronus (discussão) 17h45min de 7 de setembro de 2015 (UTC)

"Fico" ou "Vou ficar"?[editar código-fonte]

O texto deste artigo afirma que a frase foi "diga ao povo que vou ficar", mas o artigo principal acessado pelo link diz "diga ao povo que fico". Qual é a versão correta? --Jorge Stolfi (discussão) 22h49min de 15 de agosto de 2018 (UTC)

O dia nacional que se celebra isso é Dia do Fico, logo ele disse "que fico".--Rena (discussão) 23h09min de 15 de agosto de 2018 (UTC)