E. A. Wallis Budge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
E. A. Wallis Budge
Nascimento 27 de julho de 1857
Bodmin
Morte 23 de novembro de 1934 (77 anos)
Grande Londres, Londres
Cidadania Reino Unido
Ocupação antropólogo, arqueólogo

Ernest Alfred Thompson Wallis Budge (Cornualha, 27 de Julho de 1857 - 23 de Novembro de 1934) foi um arqueólogo britânico. Realizou escavações no Egipto, Sudão e Mesopotâmia. Durante 27 anos dirigiu o departamento de antiguidades asiáticas e egípcias do Museu Britânico.

Escreveu as obras Os Deuses do Egipto e Literatura dos Antigos Egípcios

Entre as obras publicadas por Budge que foram traduzidas para português estão "A Versão Babilônica sobre o Dilúvio e a Epopéia de Gilgamesh", "A Ideia dos Egípcios sobre a Vida Futura", "A Magia Egípcia: Pedras, Amuletos, Fórmulas, Nomes e Cerimônias Mágicas" e "O Livro Egício dos Mortos".[1]

Foi responsável pela descoberta das Seis Múmias pré-dinásticas de Gebelein, as múmias mais antigas já descobertas, entre elas Ginger, que está exposta no Museu Britânico desde 1901.[2][3]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.