Edouard Drumont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edouard Drumont
Nascimento Édouard Adolphe Drumont
3 de maio de 1844
Paris
Morte 5 de fevereiro de 1917 (72 anos)
Paris
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Cidadania França
Cônjuge Camille Rouyer, Louise Gayte
Alma mater
  • Lycée Condorcet
Ocupação jornalista, político, escritor, teórico da conspiração
Prêmios
  • Jouy Prize (1879)
Obras destacadas La France juive
Religião Igreja Católica
Ideologia política antissemitismo
Assinatura
Signature of Édouard Drumont.jpg
Edouard Drumont

Édouard Drumont (1844-1917) foi um anti-semita francês e um precursor do fascismo. O seu livro "La France Juive" (A frança judia) atacava o papel dos Judeus na França e argumentava a favor da sua exclusão da sociedade. O seu jornal "La Libre Parole" tinha a mesma opinião.

Drumont atraiu muitos apoiantes e foi uma das principais fontes das ideias anti-semitas em França, que mais tarde seriam abraçadas pelo Nazismo. Drumont atingiu o auge da sua fama durante o Caso Dreyfus, no qual ele foi um dos mais virulentos difamadores de Dreyfus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.