Elêusis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Elêusis (em grego Ελευσίνα, transl. Elefsína; em grego antigo: Ἐλευσίς, Eleusis) é uma cidade da Grécia Antiga onde se realizavam os Mistérios de Elêusis, que eram ritos de iniciação ao culto das deusas agrícolas Deméter e Perséfone. Eram considerados os de maior importância entre todos os que se celebravam na antiguidade. Localiza-se a cerca de 30 km ao noroeste de Atenas, capital da Grécia.

Seu nome tem origem no fabuloso herói Elêusis, que era considerado filho de Mercúrio e Daíra, filha de Oceano. Outros, porém, acreditam ser ele filho de Ocírroe.

Elêusis era uma cidade muito famosa para os gregos antigos, pois lá existe uma serra bem conhecida. Os gregos evitavam passar por lá, pois acreditavam em um mito sobre um monstro que lá vivia. Seu nome era Procusto, ou Procrusto. Ele era um vendedor de camas, e possuía mais de dois metros de altura. Como suas camas eram muito grandes, e seus clientes eram muito pequenos, Procrusto usava suas camas para esticá-los até servir o tamanho. Procrusto foi abatido pelo herói grego Teseu, que o enganou. Com essa enganação, Procrusto deitou-se em uma de suas camas, e Teseu usou a magia para prender Procrusto.

A cidade é hoje um subúrbio de Atenas, denominado Eleusina.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • WRIGHT, Dudley. Os Ritos e Mistérios de Elêusis. São Paulo: Madras Editora. 2004. (ISBN 85-7374-757-9).
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.