Eleições parlamentares europeias de 2009 (Irlanda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As eleições parlamentares europeias de 2009 na Irlanda foram realizadas em 5 de junho, para escolher 12 eurodeputados, renovar 114 Governos locais e preencher duas cadeiras que ficaram vazias recentemente no Parlamento nacional.

O pleito[editar | editar código-fonte]

Os colégios eleitorais abriram suas portas às 7h locais e fecharam 22h15 para facilitar o comparecimento do maior número de eleitores possível, por conta do baixo interesse dos europeus no pleito deste ano.

Projeções[editar | editar código-fonte]

As pesquisas para as eleições locais indicam que o apoio ao governante Fianna Fáil se encontra em seu mínimo histórico, abaixo de 22%, enquanto no caso do principal partido da oposição, o democrata-cristão Fine Gael, quase alcança os 35%. O Partido Trabalhista seria o segundo mais votado nas instituições locais, à frente do Fianna Fáil e do Sinn Féin, de Gerry Adams.

As pesquisas também indicam que a maioria dos eurodeputados irlandeses manterá sua cadeira em Estrasburgo. Segundo analistas, a única eurodeputada do Sinn Féin, Mary Lou McDonald, terá de disputar até o último voto com o candidato do Fianna Fáil, Eoin Ryan.

Tabela de resultados[editar | editar código-fonte]

Partido Nº Votos % +/- Nº Deputados +/-
Fine Gael 532 889 29,1 Aumento1,3
4 / 12
Baixa1
Fianna Fáil 440 562 24,1 Baixa5,4
3 / 12
Baixa1
Partido Trabalhista 254 669 13,9 Aumento3,4
3 / 12
Aumento2
Sinn Féin 205 613 11,2 Aumento0,1
0 / 12
Baixa1
Libertas 99 709 5,4 Novo
0 / 12
Novo
Partido Socialista 50 510 2,7 Aumento1,4
1 / 12
Aumento1
Partido Verde 34 585 1,9 Baixa2,4
0 / 12
=
Candidatos Independentes 210 776 11,5 Baixa4,0
1 / 12
Baixa1
Votos inválidos 46 607 2,5 Baixa0,8
Total 1 829 313 100 12 Baixa1
Eleitorado/Participação 3 258 320 57,5 Baixa1,5

Ligações externas[editar | editar código-fonte]