Eleições parlamentares europeias de 2009 (Espanha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 2004 • Flag of Spain.svg • 2014
Eleições parlamentares europeias de 2009
54 deputados ao Parlamento Europeu
7 de Junho de 2009
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  35 492 567
Votantes : 15 935 147
  
44.90% Red Arrow Down.svg 0.5%
People's Party (Spain) Logo (2008-2015).svg
Partido Popular
Votos: 6 670 377  
Lugares obtidos: 24 Red Arrow Down.svg 0%
  
42.12%
Logotipo del PSOE.svg
Partido Socialista Operário Espanhol
Votos: 6 141 784  
Lugares obtidos: 23 Red Arrow Down.svg 8%
  
38.78%
Darkblue flag waving.svg
Coligação pela Europa
Votos: 808 246  
Lugares obtidos: 3 Green Arrow Up.svg 50%
  
5.10%
Izquierda Unida (logo).svg
Esquerda Unida
Votos: 588 248  
Lugares obtidos: 2 Red Arrow Down.svg 0%
  
3.71%
Unión Progreso y Democracia logo.svg
União, Progresso e Democracia
Votos: 451 866  
Lugares obtidos: 1  
  
2.85%
Green flag waving.svg
Europa dos Povos - Verdes
Votos: 394 938  
Lugares obtidos: 0 Red Arrow Down.svg 100%
  
2.49%
Logotipo de Iniciativa Internacionalista.png
Iniciativa Internacionalista - A Solidariedade entre os Povos
Votos: 178 121  
Lugares obtidos: 0  
  
1.12%
No flag.svg
Outros
Votos: 161 390  
Lugares obtidos: 0  
  
1.05%

As eleições parlamentares europeias de 2009 na Espanha foram realizadas em 7 de junho.

Resultados e participação[editar | editar código-fonte]

O conservador Partido Popular (PP), o principal partido da oposição, venceu com 42,03% dos votos, contra o partido do governo, o Partido Socialista (PSOE), que obteve 38,66%. Com isso, o PP obtém 23 lugares na câmara europeia, enquanto que o PSOE fica com 21 deputados. A Coligação pela Europa, que engloba os partidos nacionalistas de centro-direita, e a coligação de Esquerda IU-ICV, elegeram representantes para duas cadeiras cada. A União, Progresso e Democracia (UPyD) terá um deputado no Parlamento Europeu, assim como a coligação Europa dos Povos-Verdes, formada por nacionalistas de esquerda. O índice de participação foi de 45,81%, muito similar ao do pleito de 2004 e a média no conjunto dos países do bloco.

Resultados Nacionais[editar | editar código-fonte]

Partido Votos % +/- Deputados +/-
Partido Popular 6 670 377
42,12 / 100,00
Aumento0,91
24 / 54
Estável
Partido Socialista Operário Espanhol 6 141 784
38,78 / 100,00
Baixa4,68
23 / 54
Baixa2
Coligação pela Europa 808 246
5,10 / 100,00
Baixa0,05
3 / 54
Aumento1
Esquerda Unida 588 248
3,71 / 100,00
Baixa1,00
2 / 54
Estável
União, Progresso e Democracia 451 866
2,85 / 100,00
Novo
1 / 54
Novo
Europa dos Povos - Verdes 394 938
2,49 / 100,00
Aumento0,04
1 / 54
Estável
Iniciativa Internacionalista 178 121
1,12 / 100,00
Novo
0 / 54
Novo
Outros 161 390
1,05 / 100,00
0 / 54
Votos inválidos 319 851
2,01 / 100,00
Aumento0,42
Total 15 935 147
100,00 / 100,00
54 / 54
Eleitorado/Participação 35 492 567
44,90 / 100,00
Baixa0,24
Fonte [1]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  1. «Consulta de resultados electorales. Ministerio del Interior». www.infoelectoral.mir.es. Consultado em 14 de novembro de 2015