Eliane Elisa de Souza e Azevedo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliane Elisa de Souza e Azevedo
Conhecido(a) por primeira mulher reitora da Universidade Federal da Bahia
Nascimento 12 de março de 1936 (83 anos)
Tanquinho, Bahia, Brasil
Residência Brasil
Nacionalidade brasileira
Alma mater Faculdade de Medicina da Bahia
Prêmios
  • Comenda 2 de Julho da Assembleia Legislativa da Bahia
  • Título de Cidadã da Cidade de Salvador pela Câmara Municipal
  • "Mulher do Século" pela Assembleia Legislativa da Bahia
Orientador(es) Newton Morton
Instituições Universidade Federal da Bahia
Campo(s) medicina, bioética e genética
Tese Erythrocyte isozymes, other polymorphisms and ti-ie coefficient of kinship in norti-easthearn Brazil Universidade do Havaí (1969)

Eliane Elisa de Souza e Azevedo (Tanquinho, 12 de março de 1936) é uma médica brasileira, nascida na Bahia. É professora emérita da Universidade Federal da Bahia, de onde foi reitora entre os anos de 1992 e 1993. Foi uma das fundadoras da Academia de Medicina, em Feira de Santana e foi criadora do curso de Bioética[1] da Universidade Estadual de Feira de Santana.[2][3]

Em 22 de março de 2018 recebeu a Comenda 2 de Julho, da Assembleia Legislativa da Bahia, a mais importante honraria concedida pela casa, entregue a pessoas que tem papel de destaque no cenário político e administrativo em âmbito estadual e nacional.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Tanquinho, no interior da Bahia em 1936, Eliane é filha do cirurgião dentista José Adolpho Magalhães Azêvedo e Judith Soares de Souza e Azevêdo.[4] Cursou o primário em sua cidade natal, mas precisou concluir o ensino médio em Feira de Santana, partindo para Salvador em 1956 para cursar Medicina na hoje Universidade Federal da Bahia, formando-se em 1961. Durante o curso, mostrou interesse na pesquisa, tendo estagiado em vários laboratórios, desde histologia a medicina experimental.[4]

De 1963 a 1964, estagiou na Universidade do Havaí e em 1969, concluiu o doutorado em genética pela mesma instituição. Foi residente do programa de genética da Universidade de Washington, em Seattle de 1964 a 1966, partindo para o pós-doutorado na Universidade de Londres em 1973. Em seu retorno ao Brasil, ingressou como professora da Universidade Federal da Bahia, tornando-se professora titular de Genética Humana em 1975.[4][5]

Primeira reitora eleita pela comunidade acadêmica e primeira mulher reitora da Universidade Federal da Bahia, coordenou a instituição de 1992 a 1993. Foi a primeira professora a receber o título de Professora Emérita pela mesma instituição.[5] Aposentou-se, mas continuou atuando na Universidade Estadual de Feira de Santana até se aposentar em 2006.[1] Publicou cerca de 200 trabalhos científicos e tem 20 livros publicados no Brasil e no exterior.[2][3][4]

Referências

  1. a b «Ensino de Bioética: um desafio transdisciplinar». Scielo. Consultado em 22 de março de 2018 
  2. a b c «ALBA: Ex-reitora da UFBA Eliane Elisa de Souza Azevêdo recebe Comenda Dois de Julho». Jornal Grande Bahia. Consultado em 22 de março de 2018 
  3. a b «Ex-reitora da UFBA Eliane Elisa de Souza Azevedo receberá Comenda 2 de Julho, projeto é de autoria do deputado Angelo Almeida». Jornal Grande Bahia. Consultado em 22 de março de 2018 
  4. a b c d «Eliane Elisa de Souza e Azevedo - Desvinculada». Universidade Federal da Bahia. Consultado em 22 de março de 2018 
  5. a b «Faculdade de Medicina da Bahia comemora 200 anos com programação especial». A Tarde. Consultado em 22 de março de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.