Enciclopédia Galáctica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Enciclopédia Galáctica aparece na Série da Fundação, escrita por Isaac Asimov, e é citada como o acúmulo de todo o conhecimento humano.

Outros autores de ficção científica também se utilizaram do conceito de uma Enciclopédia Galáctica. Douglas Adams satirizou essa enciclopédia em O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Origem[editar | editar código-fonte]

A Enciclopédia Galática foi,no enredo da história de Asimov,uma forma de salvar o conhecimento acumulado pela humanidade, mais precisamente o Império Galactico, que tinha sua sede no planeta Trantor, que segundo o personagem Hari Seldon, estava em crescente decadência e que após a queda do Império, a galaxia passaria por um periodo de trevas de trinta mil anos, chegando ao ponto de toda a população da galáxia ser desprovida de informação essencial para o desenvolvimento, somente após esse periodo é que um novo império galactico (duradouro), seria novamente possivel, para abreviar esse tempo para apenas um milenio, Hari Seldon, criou duas fundações, A Fundação e a Segunda Fundação, a primeira sediada no distante planeta Terminus ficou responsavel pelo desenvolvimento da enciclopédia galactica e com todo o conhecimento cientifico disponivel na epoca do Império, acabou por se tornar a vanguarda em tecnologia e ficou conhecida como A Fundação.

Ícone de esboço Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.