Entre Aspas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Entre Aspas
Informação geral
Origem Faro
País Portugal
Gênero(s) Pop Rock
Período em atividade 1990 - 2005
Gravadora(s) BMG
Integrantes Viviane
Tó Viegas
Nuno Filhó
Rui Freire
Paulo Borges
Ex-integrantes Luís Fialho
João Vieira
Luís San Payo
Filipe Valentim
Página oficial entreaspas.com.sapo.pt

Entre Aspas foi uma banda portuguesa que alcançou a fama na Música Moderna Portuguesa na década de 1990 com um estilo pop rock.
A sua sonoridade é muitas vezes distinguível devido à interpretação e pronúncia característica da sua vocalista Viviane.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Os primeiros passos[editar | editar código-fonte]

Os primeiros passos do grupo foram dados no Verão de 1990[1] quando Tó Viegas e Viviane foram convidados, como duo, para tocar no bar Morbidus em Faro.[2] Na altura, assinalaram a data do concerto numa agenda simplesmente com umas aspas, surgindo daqui a designação encontrada mais tarde para a banda.[1]

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Luís Fialho e João Vieira entraram para a banda que concorreu ao 1º Concurso de Música Moderna da Câmara Municipal de Lisboa, onde ficaram na terceira posição.[1]

No ano seguinte, 1992, assinaram um contrato com a editora BMG e em Novembro o baixista Luís Fialho é substituído por Nuno Filhó.[1]

O seu primeiro álbum, Entre S.F.F., foi produzido por Manuel Faria (ex-Trovante) e foi editado em 1993 pela BMG. Deste trabalho destacam-se os temas "Criatura da Noite" e "Voltas".[1]

Manuel Faria voltaria a produzir a banda no ano seguinte para a colectânea Filhos da Madrugada, um tributo a José Afonso, contribuindo com a sua versão de "Traz Outro Amigo Também" e participando no concerto no então Estádio de Alvalade onde se juntaram todas as bandas participantes.[1]

Em 1995, é editado pela BMG, o segundo álbum da banda, Lollipop, um trabalho que inclui os temas "Perfume" e "Sinal", e que marcou a entrada de Filipe Valentim, dos Rádio Macau, e de Luís San Payo, dos Pop Dell'Arte. A produção esteve a cargo de Marsten Bailey.[1]

Renovam o seu contrato com a BMG em 1996 e na Primavera do ano seguinte sai Edelweiss, já com Rui Freire como baterista. "Uma Pequena Flor" é o tema mais destacado.[1]

No ano de 1998 são uma das bandas a integrar a compilação do projecto Ao Vivo na Antena 3, sendo os temas escolhidos "Perfume" e "Tão Estranho", ambos em formato acústico com origem no concerto realizado pela banda para a Antena 3 no Auditório da RDP. Desta compilação em dois CD fazem parte várias outras bandas portuguesas, como Clã, Blind Zero, Cool Hipnoise, D.R. Sax, Da Weasel, Despe e Siga, Santos & Pecadores ou Turbo Junkie.[3]

Acabava de nascer 1999 e os Entre Aspas já davam a sua contribuição, com uma versão do tema "Doçuras", no álbum XX Anos XX Bandas de homenagem aos vinte anos de carreira dos Xutos & Pontapés.[1]

O quarto álbum de estúdio, Loja de Sonhos, foi editado em 1999 pela BMG. As gravações decorreram entre Novembro de 98 e Fevereiro de 99 e "Esqueci o Nome das Coisas" foi o cartão de visita deste trabalho. Desta vez, a produção foi assinada por Tó Viegas, Vivianne e Flak, com as misturas a ficarem sob alçada de Joe Fossard.[1]

Década de 2000 e o fim[editar | editar código-fonte]

Perto do final de Abril de 2001 sai o primeiro álbum ao vivo da banda: www.entreaspasaovivo.com. Este trabalho resultou das gravações dos concertos acústicos dados pela banda no Instituto Português da Juventude de Faro, no final do ano 2000, e inclui dois inéditos ("Bem dentro de nós" e "Nunca desistir") e uma versão de um tema anteriormente interpretado por Amália Rodrigues: "A Formiga Bossa Nova". Ao mesmo tempo era inaugurado o sítio "www.entreaspasaovivo.com" (já indisponível) com o nome do álbum.[1]

Em 2005 dá-se a extinção do grupo. Viviane inicia então a sua carreira a solo com o seu primeiro álbum Amores Imperfeitos[4]

Em 2013 foi lançado "Best of 20 anos", uma compilação em CD e DVD que comemora o regresso da banda que celebra os 20 anos de carreira - lembrando o lançamento do primeiro álbum.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Última formação[editar | editar código-fonte]

Ex-integrantes[editar | editar código-fonte]

Alguns artistas convidados[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l Página oficial da banda . Acesso em 2008-03-26
  2. Serra, Maria João Serra para Cotonete. Acesso em 2008-03-26
  3. da Câmara Municipal de Lisboa. Acesso em 2008-03-26
  4. Sítio da cantora Viviane . Acesso em 2008-03-26

Ligações externas[editar | editar código-fonte]