Ermida (Vila Real)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Ermida 
  Freguesia portuguesa extinta  
Brasão de armas de Ermida
Brasão de armas
Ermida está localizado em: Portugal Continental
Ermida
Localização de Ermida em Portugal Continental
Coordenadas 41° 13' 56" N 7° 44' 34" O
Concelho primitivo Vila Real
Concelho (s) atual (is) Vila Real
Freguesia (s) atual (is) Nogueira e Ermida
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
- Total 6,91 km²
População (2011)
 - Total 419
    • Densidade 60,6 hab./km²
Orago Santa Comba

Ermida foi uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Vila Real, situada quase integralmente na margem esquerda do Rio Corgo. Tinha 6,91 km² de área[1] e 419 habitantes (2011[2]). Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[3] sendo o seu território integrado na União das Freguesias de Nogueira e Ermida.

Incluía no seu território os seguintes lugares, todos situados na margem esquerda do Corgo: Carrazedo, Carvalho, Ermida, Para Pomba, Pai Corrão, Penelas (aldeia partilhada com a vizinha freguesia de Folhadela), Povoação (sede) e Vale de Ermida.

População da freguesia da Ermida (1801–2011)
1801

[4]

1849

[5]

1864

[6][7]

1878

[6][8]

1890

[6][9]

1900

[6][10]

1911

[6][11]

1920

[6][12]

1930

[6][13]

1940

[6][14]

1950

[6][15]

1960

[6]

1970

[16]

1981

[17]

1991

[18]

2001

[19]

2011

[2]

480 527 689 704 566 500 509 623 700 760 782 752 650 764 622 546 419
Distribuição da População por Grupos Etários em 2001 e 2011
Idade 0-14 15-24 25-64 > 65 0-14 15-24 25-64 > 65
2001 76 80 280 110 13,9% 14,7% 51,3% 20,1%
2011 32 48 229 110 7,6% 11,5% 54,7% 26,3%

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro documento conhecido que se lhe refere data de 1133. A terra chamava-se então Santa Comba, situando-se aí um ermitério dessa devoção (Santa Comba do Corgo).[20]

Segundo as Memórias de Vila Real,[21] em 1530 «Povoaçam da Ermida» e Penelas pertenciam à paróquia de Vila Nova (entretanto renomeada de Folhadela), mas na Relação de Vila Real e seu Termo, de 1721, a paróquia/freguesia da Ermida surge já como entidade autónoma, com Penelas como lugar meeiro, isto é, já então era partilhada com Folhadela.

Na sequência da reorganização administrativa ditada pela Lei n.º 22/2012,[22] o seu território foi anexado ao da vizinha freguesia de Nogueira, passando o conjunto a designar-se oficialmente União das Freguesias de Nogueira e Ermida.[3] Assim, "Ermida" foi de facto extinta enquanto designação oficial de freguesia.

Património Cultural[editar | editar código-fonte]

  • Marco granítico n.º 68 [1]
  • Marco granítico n.º 69 [2]
  • Marco granítico n.º 70 [3]

Notas e Referências

  1. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1
  2. a b INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  3. a b Diário da República, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I.
  4. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – "Os Recenseamentos da População Portuguesa de 1801 e 1849: Edição crítica, vol. I" (Censos 1801), p. 241 (ficheiro: p. 250).
  5. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – idem, vol. III (Censos 1849), p. 788 (ficheiro: p. 133).
  6. a b c d e f g h i j INE (1964) – "X Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes às 0 horas de 15 de Dezembro de 1960. Tomo I, volume I" (Censos 1960), p. 90 (ficheiro: p. 116).
  7. Estatística de Portugal (1868) – "População: Censo no 1.º de Janeiro 1864" (Censos 1864), p. 231 (ficheiro: p. 257).
  8. Estatística de Portugal (1881) – "População no 1.º de Janeiro 1878 (parte 2)" (Censos 1878), p. 330 (ficheiro: p. 142).
  9. Direcção da Estatística Geral e Comércio (1896) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1890. Volume I" (Censos 1890), p. 238 (ficheiro: p. 357).
  10. Direcção Geral da Estatística e dos Próprios Nacionais (1905) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1900 (Quarto recenseamento geral da população). Volume I" (Censos 1900), p. 246 (ficheiro: p. 256).
  11. Direcção Geral da Estatística (1913) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1911 (5.º Recenseamento Geral da População). Parte I" (Censos 1911), p. 228 (ficheiro: p. 267).
  12. Direcção Geral de Estatística (1923) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1920 (6.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1920), p. 178 (ficheiro: p. 229).
  13. Direcção Geral de Estatística (1933) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1930 (7.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1930), p. 188 (ficheiro: p. 190).
  14. INE (1945) – "VIII Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 12 de Dezembro de 1940. Volume XVIII: Distrito de Vila Real" (Censos 1940), p. 28 (ficheiro: p. 32).
  15. INE (1952) – "IX Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 15 de Dezembro de 1950. Tomo I" (Censos 1950), p. 238 (ficheiro: p. 240).
  16. INE (1975) – "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: População e Alojamento por lugares: distrito de Vila Real", p. 41. (Ficheiro: "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: continente e ilhas" (Censos 1970), p. 1025.)
  17. INE (1983) – "XII Recenseamento Geral da População, II Recenseamento Geral da Habitação: Resultados Definitivos: Distrito de Vila Real" (Censos 1981), p. 5 (ficheiro: p. 15).
  18. INE (1993) – "Censos 91: Resultados Definitivos – Região do Norte", p. 34 (ficheiro: p. 32).
  19. INE (2003) – "Censos 2001: Resultados definitivos: XIV Recenseamento Geral da População, IV Recenseamento Geral da Habitação: Norte", p. 27 (ficheiro: p. 130).
  20. Ribeiro Aires (2007) — História das Freguesias do Concelho de Vila Real. Vila Real: Maronesa. pp. 231 ss.
  21. Fernando de Sousa e Silva Gonçalves (1987) — Memórias de Vila Real. Vila Real: Arquivo Distrital de Vila Real / Câmara Municipal de Vila Real. 2 vol.
  22. Diário da República, Regime jurídico da reorganização administrativa territorial autárquica, Lei n.º 22/2012, de 30 de maio

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.