Boitempo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Esquecer para Lembrar)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a editora, veja Boitempo Editorial.
Boitempo
Autor(es) Carlos Drummond de Andrade
Idioma Português
País  Brasil
Gênero Poesia
Editora Sabiá
Lançamento 1968
Páginas 189

Boitempo é um livro de poesias de caráter memorialístico[1] publicado por Carlos Drummond de Andrade inicialmente em três volumes: Boitempo I – (In) Memória (1968), Boitempo II – Menino antigo (1973) e Boitempo III – Esquecer para lembrar (1979)[2]. O título é um portmanteau de boi e tempo, remetendo à infância rural do poeta; também é um do título de um dos poemas do primeiro volume[3]. A princípio o livro foi recebido com decepção pela crítica, que esperava algo mais experimental da parte do poeta[4]. Esta obra inspirou o nome da Boitempo Editorial.

Edições[editar | editar código-fonte]

  • Boitempo & A falta que ama. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1979.
  • Boitempo. in Poesia completa. 1a. ed. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002.

Referências

  1. Boitempo, de Carlos Drummond de Andrade. Disponível online, consultado em 8/9/2013.
  2. SANTOS, Juliana. Boitempo: a recordação em Carlos Drummond de Andrade. Revista eletrônica de crítica e teoria de literaturas. PPG-LET-UFRGS – Porto Alegre – Vol. 02 N. 02 – jul/dez 2006. Disponível online, consultado em 8/9/2013.
  3. Boitempo 1 e 2 - Carlos Drummond de Andrade. Disponível online, consultado em 8/9/2013.
  4. GONÇALVES, Jordana Cristina Silva; NEPOMUCENO, Luís André. CULTURA CATÓLICA E PATRIARCALISMO: UMA VISÃO DE BOITEMPO, DE DRUMMOND. Letra Magna, Revista de Divulgação Científica em Língua Portuguesa, Linguística e Literatura. Ano 06 n.12 - 1º Semestre de 2010. Disponível online, consultado em 8/9/2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.