Estepe Euroasiática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A estepe euroasiática,, no centro da Eurásia.
Paisagem típica da estepe (no Oblast de Orenburgo).

A estepe euroasiática é a grande ecorregião de estepe que cobre o centro do supercontinente Eurásia com terras de pasto temperadas, savanas e matagais como biomas característicos. Estende-se da Moldavia através da Ucrânia até à Sibéria, com um enclave importante situado na Hungria chamado Puszta. A estepe liga económica, política e culturalmente o leste da Europa, a Ásia Central, a China, a Ásia Meridional e o Médio Oriente através de rotas de comércio por terra, especialmente a Rota da Seda que operou durante a Antiguidade e a Idade Média.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Fauna[editar | editar código-fonte]

Há pouca informação sobre a ecologia das estepes antes da vinda do pastoreio nómada. Os animais primários aqui presentes eram ovelhas e cabras em rebanhos de pouca densidade. Os camelos foram utilizados nas áreas mais secas para transporte para oeste através de Astrakhan. Houve alguns iaques ao longo das zonas limítrofes com o Tibete. O cavalo foi domesticado pela primeira vez na estepe russa e cazaque em algum momento antes de 3000 a.C., sendo utilizado para transporte e para a guerra.

Ecorregiões[editar | editar código-fonte]

O Fundo Mundial para a Natureza divide a estepe euroasiática em pradarias temperadas, savanas e matos numa série de ecorregiões, que se distinguem pela altitude, clima, chuva, e outras características, e pelo habitat de comunidades e espécies vegetais e animais. Destacam-se:

Galeria[editar | editar código-fonte]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Eurasian Steppe».