Eugênio Malanski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eugênio Malanski
Nascimento 11 de julho de 1926
Prudentópolis, Paraná
Morte 13 de janeiro de 1984
Itapoá, Santa Catarina
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Alma mater Universidade Estadual de Ponta Grossa
Ocupação geógrafo, geólogo e professor universitário

Eugênio Malanski (Prudentópolis, Paraná, 11 de julho de 1926Itapoá, Santa Catarina, 13 de janeiro de 1984) foi um geógrafo paranaense que pesquisava a geomorfologia. Foi conhecido por seu trabalho na teoria das "Compressões Orogenéticas".[1]

Carreira Acadêmica[editar | editar código-fonte]

Formado em Geografia pela então Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Ponta Grossa, hoje Universidade Estadual de Ponta Grossa, em 1952. Eugênio Malanski, durante a maior parte da sua carreira acadêmica, foi professor no departamento de Geografia da Universidade Estadual de Ponta Grossa - onde também foi chefe de departamento.[2].

Além de ser professor universitário em Ponta Grossa, ele também lecionou no Colégio Estadual Regente Feijó e na Universidade Estadual de Maringá[3].

Foi um pesquisador da chamada "nova geologia global" e da deriva dos continentes, sendo um dos pioneiros no estudo da Tectônica de Placas[4].

Homenagens Póstumas[editar | editar código-fonte]

Devido a sua trajetória acadêmica, o geógrafo foi homenageado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, prefeitura de Ponta Grossa e pelo governo do Estado do Paraná. Desta maneira, atualmente, Eugênio Malanski é nome de rua,[5] centro acadêmico [6] e colégio estadual no município de Ponta Grossa.[7]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.