Fontanelle (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fontanelle
Álbum de estúdio de Babes in Toyland
Lançamento 11 de agosto de 1992 (1992-08-11)
Gravação 1992 em Pachyderm Studio, Cannon Falls, Minnesota E.U.A e Sorcerer Sound Recording Studios, Nova Iorque, Nova Iorque
Gênero(s)
Duração 37:09
Idioma(s) (em inglês)
Gravadora(s)
Produção
Cronologia de Babes in Toyland
Spanking Machine
(1990)
Nemesisters
(1995)
Singles de Fontanelle
  1. "Handsome and Gretel"
    Lançamento: 1991
  2. "Bruise Violet"
    Lançamento: 1992

Fontanelle é o segundo álbum de estúdio da banda americana de punk rock Babes in Toyland, lançado em 11 de agosto de 1992 pela Reprise Records. Foi o primeiro lançamento da banda em um grande selo e o primeiro álbum com a baixista Maureen Herman na banda.

Produção e gravação[editar | editar código-fonte]

Depois de uma extensa turnê em 1991, a banda entrou no estúdio para gravar o seu segundo álbum depois do se álbum de estréia, Spanking Machine. A baixista Michelle Leon deixou o grupo em dezembro de 1991, pouco antes do início da gravação de Fontanelle, devido à morte de seu namorado, Joe Cole. Maureen Herman foi colocada como sua substituta.

O álbum foi co-produzido pela vocalista e guitarrista Kat Bjelland com Lee Ranaldo do Sonic Youth, dirigindo produção.[1] Brian Paulson também foi engenheiro de som e o produto final foi mixado por Dave Ogilvie. A foto da capa, uma imagem de uma boneca nua em frente a um espelho, foi tirada para o álbum pela fotógrafa Cindy Sherman.

A banda explicou o nome do álbum como referindo-se ao ponto fraco no crânio de um bebê, bem como a uma pequena fonte usada por fadas. É também o nome de um mágico consultado por Gilles de Rais, o assassino da vida real que inspirou o conto de fadas "Barba Azul".[2]

O processo de gravação do álbum é descrito no livro Babes in Toyland: The Making and Selling of a Rock and Roll Band, de Neal Karlen.[3]

Recepção da critica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.[4]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[5]
Entertainment Weekly A−[6]

Fontanelle é o álbum mais criticamente e comercialmente bem sucedido do Babes no Toyland, vendendo 220.000 cópias aproximadamente nos Estados Unidos sozinho. As resenhas do álbum foram muito positivas, com Steve Huey do allmusic observando:

Medido por qualquer padrão, Fontanelle é um registro assustadoramente primitivo, aquele cuja a pura ferocidade das Babes em Toyland, nunca foi capturada de forma tão convincente, em qualquer outro álbum.

O sucesso do álbum também as levou a fazerem turnês e foi finalmente oferecido um lugar a banda, na turnê Lollapalooza em 1993,[7] tocando ao lado de artistas como Tool, Primus, Alice in Chains, Dinosaur Jr. e Rage Against the Machine. Durante as datas no Lollapalooza, a banda lançou seu terceiro e último EP Painkillers, em junho de 1993, que consistiu em uma re-gravação de uma de suas canções mais notáveis "He's My Thing" e outtakes de Fontanelle.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Kat Bjelland, exceto onde indicado. 

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Bruise Violet"     2:52
2. "Right Now"     2:19
3. "Bluebell"     2:22
4. "Handsome and Gretel"     1:50
5. "Blood"     2:44
6. "Magick Flute"   Lori Barbero 3:02
7. "Won't Tell"     2:27
8. "Quiet Room"     2:59
9. "Spun"   Bjelland, Barbero 3:03
10. "Short Song"     0:41
11. "Jungle Train"   Bjelland, Barbero 2:15
12. "Pearl"   Bjelland, Barbero, Michelle Leon 1:56
13. "Real Eyes"     2:51
14. "Mother"     3:13
15. "Gone"     2:28
Duração total:
37:09

Créditos[editar | editar código-fonte]

Babes in Toyland
Produção
  • Lee Ranaldo → produção, engenheiro
  • Brian Paulson → engenheiro
  • John Armstrong → assistente de engenharia
  • John Azelvandre → assistente de engenharia
  • Eric S. Anderson → assistente de engenharia
  • Howie Weinberg → materialização
  • Dave Ogilvie → materialização
Design

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Chart (1992) Maior
posição
UK Albums Chart[8] 24

Referências

  1. Taylor, Steve. A to X of Alternative Music. Continuum International Publishing Group. 2006.
  2. «Gilles de Rais alias Blue Beard». Vampires.monstrous.com. 26 de fevereiro de 2007. Consultado em 16 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2012 
  3. «News Review: Babes in Toyland: The Making and Selling of a Rock and Roll Band – EW.com». Entertainment Weekly. 12 de agosto de 1994 
  4. Huey, Steve. «allmusic ((( Fontanelle > Review )))». Allmusic. Consultado em 17 de março de 2010 
  5. Brackett, Nathan. "Babes in Toyland". The New Rolling Stone Album Guide. November 2004. pg. 32, cited March 17, 2010
  6. Berger, Arion. "Fontanelle". Entertainment Weekly. August 1992. pg. 66, cited March 17, 2010
  7. «Dispatches Latter-Day Grunge». Time. 12 de julho de 1993. Consultado em 26 de abril de 2010 
  8. «Babes in Toyland | Artist | Official Charts». The Official Charts Company. Consultado em 25 de junho de 2012