Francisco Fernandes Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Fernandes Vieira
Nome nativo Francisco Fernandes Vieira
Nascimento 20 de maio de 1784
Saboeiro
Morte 9 de julho de 1862 (78 anos)
Saboeiro
Cidadania Brasil
Filho(s) Miguel Fernandes Vieira, Manuel Fernandes Vieira
Ocupação político
Prêmios Imperial Ordem do Cruzeiro
Título barão, visconde
Causa da morte uremia

Francisco Fernandes Vieira (Saboeiro, 20 de maio de 1784 — Saboeiro, 9 de julho de 1862), foi um pecuarista e político brasileiro.[1][2][3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Chefe político da região central do Ceará e Inhamuns, hegemônico desde o final do século XIX, com o grupo chamado de “Carcarás” (Partido Conservador).[4][5]

Fez parte do governo temporário da província do Ceará após a separação política de Portugal, empossado em 23 de janeiro de 1823, e que se compôs, além dele, de José Pereira Filgueiras (presidente), Antônio Manuel de Sousa, José Xavier Sobreira, Antônio Bezerra de Sousa e Meneses e Joaquim Felício de Almeida e Castro.[6][7]

Casado com Ana Angélica Braga Fernandes Vieira, com quem teve treze filhos, dentre os quais, os magistrados e políticos Miguel e Manuel Fernandes Vieira, e Ana e Senhorinha Fernandes Vieira, primeira e segunda esposas de Gonçalo Batista Vieira, barão de Aquiraz.

Faleceu aos 78 anos, vitimado por uremia. Seus ossos foram transferidos para Fortaleza, tendo sido sepultados no extinto Cemitério de São Casemiro.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Vasconcellos, Smith de. Archivo nobiliarchico brasileiro. [S.l.]: Рипол Классик. ISBN 9785881360122 
  2. Farias,Airton, de (26 de janeiro de 2016). História do Ceará. [S.l.]: Armazém da cultura. ISBN 9788584920174 
  3. «Francisco Fernandes Vieira». portal.ceara.pro.br (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2018 
  4. User, Super. «Francisco Fernandes VIEIRA». portal.ceara.pro.br (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2018 
  5. «Site Oficial da Casa do Ceará em Brasília». www.casadoceara.org.br. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  6. «Com a palavra, o Visconde de Icó». Recanto das Letras 
  7. Donato, Hernâni (1996). Dicionário das batalhas brasileiras. [S.l.]: IBRASA. ISBN 9788534800341 
  8. Barata,, Carlos Eduardo de Almeida. «Memórias Histórico-Genealógicas dos Titulares do Ceará» (PDF). Colégio Brasileiro de Genealogia. Consultado em 23 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.