Saboeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Saboeiro (desambiguação).
Município de Saboeiro
Bandeira indisponível
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 3 de fevereiro
Fundação 1823 (196 anos) -
Gentílico saboeirense
Prefeito(a) Gotardo Martins (2017 a 2020) (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Saboeiro
Localização de Saboeiro no Ceará
Saboeiro está localizado em: Brasil
Saboeiro
Localização de Saboeiro no Brasil
06° 32' 31" S 39° 54' 25" O06° 32' 31" S 39° 54' 25" O
Unidade federativa Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão de Inhamuns IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Catarina e Acopiara, Leste: Jucás, Sul: Antonina do Norte e Tarrafas, Oeste: Aiuaba.
Distância até a capital 430 km
Características geográficas
Área 1 383,472 km² [2]
População 15 754 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 11,39 hab./km²
Altitude 291 m
Clima Tropical quente semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,56 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 42 855,105 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 549,99 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.saboeiro.ce.gov.br

Saboeiro é um município brasileiro do estado do Ceará, localiza-se na microrregião do Sertão de Inhamuns, Mesorregião dos Sertões Cearenses. Sua população estimada em 2010 era de 15.754 habitantes.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Saboeiro significa vendedor de sabão. A denominação original do município era Santa Cruz de Caracará, depois Caracará, Carcará e, desde 1859, Saboeiro[6].

História[editar | editar código-fonte]

Região inicialmente habitada pelos índios jucás[7]. Apos o seculo XVI quando navegantes franceses alcançaram o litoral nordestino brasileiro. Algumas famílias de antigos nobres franceses habitaram a região. Famílias como Braga Basto e a Linhagem Nocrato, habitaram pelo sertão. Ao decorrer do tempo as famílias se casaram entre si e se apossaram de terras no interior dos estados nordestinos, uma dessas terras era saboeiro. A partir do século XVIII, recebe novos habitantes oriundos de Pernambuco, que tinham como intuito a implantação da pecuária do Ceará[8].

A cidade teve um grande avanço como ambiente urbano a parte da criação da fazenda "Uruguai" nomeada pelo seu dono Raimundo Nocrato Soares Casado com a Senhora Maria Iracema Braga Nocrato.

Alem da fazenda o casal possuía o 2º Cartorio de Saboeiro onde eram feitas as escrituras da cidade, sendo de grande eficacia para os habitantes do local.

A familia de fundadores da cidade possui valor histórico ate os tempos atuais. Com grande participação politica no Ceara[8] .

Formação[editar | editar código-fonte]

Suas origens remontam ao início do século XVIII, quando aí se estabeleceram os primeiros habitantes, identificados historicamente, constam como sendo Domingos Rodrigues e seu companheiro Ventura Rodrigues de Souza. A esses pioneiros concedeu o então Capitão-Mor Manuel da Fonseca Jaime, três léguas de terras, Compreendendo áreas encravadas entre os sítios Santa Cruz e Santo Antônio. Os registros de sesmarias estão consignados em livro próprio e datam de 4 de junho de 1718. Três anos mais tarde o Capitão-Mor Salvador Alves da Silva, atendendo ao que havia requerido Lourenço Alves Feitosa, concedeu-lhe uma légua de terra entre os sítios Camaleões e Santa Cruz em Cima (21/08/1721). Moravam igualmente na região sete irmãos portugueses, originários do Icó, constando desse grupo seis mulheres e um homem, cujos nomes são: Domingos Sancho de Carvalho, Eugênia Gonçalves de Carvalho, Agostinho da Silva Carvalho, Anacleta da Silva Carvalho, Antônia Franca de Carvalho, Susana da Silva de Carvalho, Altamira da Silva Carvalho. Desse setenário familiar, Antônia contraiu núpcias com o português José de Oliveira Basato, passando a residir na fazenda Santa Cruz, chamada posteriormente de Carcará (Caracará). Desse casal bem-sucedido e de plore numerosa, nasceriam os Feitosas Carcarás, tradicionalmente conhecidos na Província. A esse conjunto de pioneiros juntaram-se moradores vindo de outras regiões e formou-se o Arraial de Santa Cruz do Carcará, legendariamente próspero e a adotar costumes domésticos que outros redutos não possuíam. Como formar de opulência e exibicionismo, as redes atadas nos alpendres residênciais eram em armadores de ouro e correntes trabalhadas no mesmo metal. Origem do Topônimo: Vendedor de Sabão Gentílico: saboeirense

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semiárido com pluviometria média de 687 mm com chuvas concentradas de janeiro a abril.

Dados climatológicos para Saboeiro
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,3 31 29,9 29,5 29,4 29,7 30,3 31,6 32,8 33,4 33,4 33,1 31,4
Temperatura média (°C) 27 26,2 25,5 25,2 25 24,8 25 25,8 26,7 27,3 27,5 27,5 26,1
Temperatura mínima média (°C) 21,8 21,5 21,2 21 20,6 19,9 19,7 20 20,7 21,3 21,7 22 21
Precipitação (mm) 84 112 186 139 60 23 12 5 5 10 14 37 687
Fonte: Climate Data[9]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água são o rio Jaguaribe, os riachos Macambira, Parelhas, Conceição, Cachoeiras, Cordas, Barra e tipís.

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

A principal elevação é a Serra do Mota.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação é composta por caatinga arbustiva aberta e floresta caducifólia espinhosa.A caatinga é um tipo de ecossistema que consiste em áreas com mais de trinta graus.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município tem seis distritos: Saboeiro (sede), Barrinha, Felipe, Flamengo, Malhada e São José.

Economia[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

O principal evento cultural é festa da padroeira, Nossa Senhora da Purificacão (2 de fevereiro).

Dia do Sabonete (12 de março)

Religião[editar | editar código-fonte]

Igreja em Saboeiro

Predomina a religião católica, que responde por mais de 95% da população, e é responsável por grande parte das tradições e costumes locais. Existem ainda algumas igrejas evangélicas, de pouca expressão na comunidade.

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede, Saboeiro. Atualmente o prefeito é Gotardo Martins que tem o mandato até 2020

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/saboeiro.pdf Página do IBGE
  7. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974
  8. a b http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/saboeiro.pdf
  9. «Clima: Saboeiro». Climate Data. Consultado em 25 de outubro de 2014 [ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]