Alto Santo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alto Santo
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Alto Santo
Bandeira
Brasão de armas de Alto Santo
Brasão de armas
Hino
Gentílico alto-santense
Localização
Localização de Alto Santo no Ceará
Localização de Alto Santo no Ceará
Alto Santo está localizado em: Brasil
Alto Santo
Localização de Alto Santo no Brasil
Mapa de Alto Santo
Coordenadas 5° 31' 15" S 38° 16' 19" O
País Brasil
Unidade federativa Ceará
Municípios limítrofes Norte: Tabuleiro do Norte, São João do Jaguaribe, Morada Nova, Leste: Apodi-RN, Sul: Potiretama, Iracema, Oeste: Jaguaribara
Distância até a capital 230 km
História
Fundação 1 de junho de 1958
Aniversário 1 de junho de 1958
Administração
Prefeito(a) Iris Gadêlha Costa (PSB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 1 338,743 km²
População total (IBGE/2010[2]) 16 360 hab.
Densidade 12,2 hab./km²
Clima Semiárido (BSh)
Altitude 79 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,654 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 64 910,231 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 3 191,42

Alto Santo é um município brasileiro do estado do Ceará. Localiza-se na microrregião do Baixo Jaguaribe, mesorregião do Jaguaribe. O município possui 16 359 mil habitantes, distribuídos em 1323 km². Alto Santo foi criado pela Lei n° 3.814, de 13 de setembro de 1957, publicada no Diário Oficial do Estado do Ceará nº 6.983, ano XXIV, de 26 de setembro de 1957. O município foi instalado oficialmente em 1º de junho de 1958. A Lei nº 3.814/57 também estabeleceu a linha divisória entre Alto Santo e o Distrito do Castanhão que já constava como distrito na divisão territorial e administrativa do Estado do Ceará, definida na Lei nº 1.153, de 22 de novembro de 1951. Em 19 de dezembro de 2015, foi lançado o livro Estante do Tempo, do historiador alto-santense Nicodemos G. Napoleão. O livro tem 618 páginas e um aprofundamento na história do município em todos os setores.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Um dos primeiros nomes de Alto Santo foi Utuva. O topônimo tem origem tupi e significa U = água, e tuba = abundante.[5] depois Viúva,[6]Alto do Bodes, Alto Santo da Viúva e, desde 1938, Alto Santo.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Este município localiza-se dentro do território no qual habitavam índios, como os potiguaras, paiacus, tapairius, panatis, icós e ariús.[7]

No início do século XIX surge um núcleo urbano ao redor de uma fazenda da época, de carne seca e charque, e da capela de Menino Deus, na qual eram enterrados os mortos da localidade até 1880, quando foi inaugurado o cemitério local.[8]

Em 2014 o jornal Folha de S. Paulo informou que a cidade estaria recebendo um estádio de futebol com capacidade de 20 mil pagantes, maior do que a população local. Com um custo de R$1,3 milhão a obra é financiada por emendas parlamentares e pelo dinheiro da prefeitura[9].

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semiárido com pluviometria média de 700 mm[10] com chuvas concentradas de fevereiro a abril.[11]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água são: rio Jaguaribe e Figueiredo, Riacho Várzea Grande, Lagoas do Junco e Grande.

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

As principais elevações são os serrotes no distrito de Castanhão.[12][13]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Composta por caatinga arbustiva aberta e floresta caducifólia espinhosa.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município tem dois distritos: Alto Santo (sede) e Castanhão.[5]

Economia[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

O principal evento cultural é festa do padroeiro, Menino Deus.

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede, Alto Santo.[5]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. a b c d http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/altosanto.pdf Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "biblioteca.ibge.gov.br" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  6. [1][ligação inativa]
  7. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974
  8. História de Alto Santo
  9. André Uzeda (23 de setembro de 2014). «Governo Federal financia metade de "coliseu" no sertão cearense». Folha de S Paulo. Consultado em 24 de setembro de 2014 
  10. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  11. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
  12. «Página do CPRM». Consultado em 05 de junho de 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. «Atlas do Ceará». Consultado em 05 de junho de 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Em 2012, a jovem Wênia Garcia Oliveira, ganhou o concurso de redação Jovem Senador. Com a redação: Olhando da janela. Wênia foi para o Congreso Nacional, em Brasíli. Representou não só Alto Santo, como também todo o estado do Ceará. Ela foi jovem senadora do Ceará.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.