Tarrafas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para pela rede de pesca circular, veja Tarrafa.
Município de Tarrafas
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 1988
Gentílico tarrafense
Prefeito(a) Maria Girleuda da Silva Matias Araujo (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Tarrafas
Localização de Tarrafas no Ceará
Tarrafas está localizado em: Brasil
Tarrafas
Localização de Tarrafas no Brasil
06° 41' 02" S 39° 45' 39" O06° 41' 02" S 39° 45' 39" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Centro-Sul Cearense IBGE/2008 [1]
Microrregião Várzea Alegre IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Saboeiro, Jucás e Cariús, Leste: Cariús e Farias Brito, Sul: Assaré, Oeste: Antonina do Norte
Distância até a capital 458 1 km
Características geográficas
Área 454,390 km² [2]
População 8 910 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 19,61 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,57 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 25 021,138 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 799,72 IBGE/2008[5]
Página oficial

Tarrafas é um município brasileiro do estado do Ceará.Localiza-se no Centro Sul Cearense na Microrregião de Várzea Alegre. Em 2010 sua população foi estimada em 8.910 habitantes distribuídos em 454,390 km² de área.

História[editar | editar código-fonte]

Tarrafas teve sua primeira emancipação no ano de 1963, mas em 1964 voltou a ser um distrito de Assaré pelo motivo da implantação ditatorial no Brasil, após esse ocorrido conseguiu realmente se emancipar no dia 21 de outubro de 1987, esta data marca a sua emancipação política e teve sua primeira eleição realizada em outubro de 1988, tendo sido eleito como primeiro prefeito o Sr. Tertuliano Cândido de Araújo.

A origem de Tarrafas aconteceu nos meados do século XIX, por volta do ano de 1866, aqui chegou vindo da Paraíba uma senhora por nome de Dona Teresa Moreira, trazendo consigo sua família e grande parte do seu patrimônio e aqui fixou sua morada. Construiu uma casa grande e uma pequena capela ambas de taipa, apossando-se das terras próximas ao rio Bastiões que corta o município de oeste a leste. Devido a grande quantidade de aroeira até 1879, era chamada a localidade de Sítio Aroeira. A partir desta data conta-se que um homem (até então de nome desconhecido) foi pescar em um poço do Rio Bastiões, devido a profundidade das águas do poço a rede de pescar (conhecida como tarrafa) ficou presa no fundo do poço. Daí então os habitantes da redondeza ficaram chamando de “poço da tarrafa”, originando o nome de Tarrafas, que aos poucos foram sendo construídas casas, tornando-se povoado,vila até chegar a categoria de cidade.


Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

O Clima do Município de Tarrafas é Tropical quente semi-árido em todo o seu território[6], com temperaturas geralmente acima dos 30C°.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O Município de Tarrafas está inserido na Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe. A principal fonte de água do Município de Tarrafas é o Rio Bastiões que corta o município.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação do município de Tarrafas é a Caatinga.

Economia[editar | editar código-fonte]

O PIB do Município de Tarrafas em 2008 era de 25 021 , 138 mil. As principais fontes de renda do Município de Tarrafas são a Pecuária e a Agricultura, além do pequeno comércio que atende as necessidades da população municipal.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Os principais eventos culturais do Município de Tarrafas são:

Agosto - Festa de Nossa Senhora das Angústias, padroeira do município.

Outubro - Festa do Município.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Os principais Pontos Turísticos do município de Tarrafas são:

-Casarão da Vila Nova - Rio Bastiões - Fósseis ( de vegetação e de animais pré-históricos / não divulgados)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/126x.htm