Ubajara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ubajara
  Município do Brasil  
Bondinho de Ubajara
Bondinho de Ubajara
Símbolos
Bandeira de Ubajara
Bandeira
Hino
Gentílico ubajarense
Localização
Localização de Ubajara no Ceará
Localização de Ubajara no Ceará
Mapa de Ubajara
Coordenadas 3° 51' 16" S 40° 55' 16" O
País Brasil
Unidade federativa Ceará
Municípios limítrofes Norte: Tianguá e Frecheirinha, Leste: Mucambo e Coreaú, Sul: Ibiapina e Mucambo, Oeste: São João da Fronteira (no estado do Piauí)
Distância até a capital 304 km
História
Fundação 24 de agosto de 1915 (104 anos)
Aniversário 24 de agosto
Administração
Distritos
Prefeito(a) Renê de Almeida Vasconcelos (PDT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 421,037 km²
População total (IBGE/2010[2]) 31 792 hab.
 • Posição CE: 56º
Densidade 75,5 hab./km²
Clima Tropical úmido
Altitude 847,5 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 62350-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,648 médio
 • Posição CE: 25º
PIB (IBGE/2010[4]) R$ 195 429,000 mil
PIB per capita (IBGE/2010[4]) R$ 6 147,11
Outras informações
Padroeiro(a) São José
Website www.ubajara.ce.gov.br (Prefeitura)
www.cmubajara.ce.gov.br (Câmara)

Ubajara é um município da microrregião da Ibiapaba, na Mesorregião do Noroeste Cearense, no estado do Ceará, no Brasil. Sua população em 2010 era de 31 792 habitantes.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Ubajara é topônimo de origem tupi antiga cuja origem está relacionada com a gruta de mesmo nome. Dentre as suas diversas traduções para a língua portuguesa, a que prevalece é "Dono de Canoas", de Ubá = canoa e îara = senhor. O nome teria surgido da lenda de um cacique que teria esse nome[5] e que, vindo do litoral, teria habitado a gruta por muitos anos. Inclusive, na bandeira do município, consta a imagem de um cacique remando em uma canoa. Outra tradução citada na Revista Comemorativa do Cinquentenário da Cidade de Ubajara, publicada em 31 de dezembro de 1965, página 8, é "Canoa da mãe – d'água", de Ubá = canoa e Yara = mãe d'água.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Monumento à historicidade indígena na praça do Terminal Rodoviário de Ubajara.

O território de Ubajara era habitado primitivamente pelos índios tabajaras. A primeira penetração portuguesa foi feita por volta de 1604, por Pero Coelho de Souza. Entre os anos 1840 e 1860, outras famílias se estabeleceram no território, atraídas pela fertilidade da terra. Quando a grande seca as atingiu, deslocaram-se para o lado sul de uma lagoa, denominada Lagoa de Jacaré, ali organizando um arruado que se chamou Jacaré, primitivo nome do Município. Em 1884, a povoação foi totalmente destruída violentamente por um incêndio. Os habitantes construíram novamente suas moradias e mantiveram a mesma designação de Jacaré.

Em 1890, por ato de Luiz Antonio Ferraz, governador do Ceará, foi elevado à categoria de distrito da paz da Jurisdição de Ibiapina.

No dia 24 de Agosto de 1915, foi editada a Lei n° 1279, que elevou o Distrito da paz à categoria do Município com a denominação de Ubajara, por influência da gruta existente na encosta da Serra, a cerca de 5 km da sede[7].

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Varia de tropical quente semiárido brando na porção oeste a tropical quente subúmido no centro e tropical quente úmido na região mais elevada, onde está situada a sede municipal e que possui período chuvoso de janeiro a maio.

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

O principal reservatório é o Açude Jaburu I.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Santuário Mãe Rainha, um dos atrativos turísticos da região.

É muito procurada por turistas por conta do Parque Nacional de Ubajara, um dos mais charmosos parques nacionais do Brasil, onde se encontra a Gruta de Ubajara, acessível por meio de teleférico.

Gruta de Ubajara: Localizada no Distrito de Araticum, a 3 km da sede, localizada no Parque Nacional de Ubajara. Trajeto feito por trilha natural margeando um riacho ou por teleférico durante 2 a 3 minutos, oferecendo ampla visão do parque.

Apesar do potencial natural e geográfico para o turismo, esta atividade vem perdendo força nos últimos meses devido à falta de políticas públicas adequadas para a atividade. A cidade foi considerada, por muitos anos, a "joia da coroa" da região ibiapabana.

Todos os anos, ocorre a FEPAI, feira de produtos agrícolas da serra da Ibiapaba, além da exposição de animais e o Festival de Floração do Maracujá.

Um ponto turístico de Ubajara
Gruta de Ubajara

Divisões administrativas[editar | editar código-fonte]

O município de Ubajara está subdividido em quatro unidades, sendo a sede e mais três distritos: Araticum, Jaburuna e Nova Veneza.

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Ubajara

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking IDH-M Ceará». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 9 de setembro de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 09 de setembro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 604.
  6. http://www.ubajara.ce.gov.br/prefeitura_temp/index.php?option=com_content&view=article&id=83&Itemid=116
  7. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=231360#

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.