Potiretama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Potiretama
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico potiretamense
Localização
Localização de Potiretama no Ceará
Localização de Potiretama no Ceará
Potiretama está localizado em: Brasil
Potiretama
Localização de Potiretama no Brasil
Mapa de Potiretama
Coordenadas 5° 40' 04" S 38° 15' 03" O
País Brasil
Unidade federativa Ceará
História
Fundação 15 de maio de 1987 (35 anos)
Administração
Prefeito(a) Luan Dantas Felix (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 409,238 km²
População total (IBGE/2010[2]) 6 129 hab.
Densidade 15 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 133m m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[3]) 0,617 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 24 123,802 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 3 551,80
Sítio potiretama.ce.gov.br (Prefeitura)

Potiretama é um município brasileiro do estado do Ceará. Localizado na Mesorregião do Jaguaribe, Microrregião da Serra do Pereiro.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

A palavra potiretama tem origem tupi e significa "lugar dos camarões". De poti: camarão; e retama: a terra natal, a pátria. Outra versão interpreta o vocábulo como "região ds flores". De potyra: flor; e etama: lugar, região, pátria.

História[editar | editar código-fonte]

O município de Potiretama não passava de uma mata virgem povoada por indígenas de origem desconhecida, quando no início do século XIX dois irmãos chegaram a região vindos de Pernambuco, dando origem a família Campelo que deu início a criação de gado bovino. A partir daí foram erguendo-se casas de fazenda tendo em vista que a zona era propicia a criação de gado. Com o passar dos anos o pequeno vilarejo foi progredindo seguindo do marco natural da conquista do povoamento dos sertões e passou a se chamar Vila de Nazaré.

A primeira professora municipal a lecionar no município foi Alesinha Ayres, seguida de Raimundo Batista de Melo, o primeiro professor particular, mas só no ano de 1945 foi construída a primeira escola que recebeu o nome de André Campelo que teve como sua primeira Professora Damiana Deusa Campelo.

Por se tratar de uma região tão bela repleta de lindos jardins o qual permaneciam verdes por todo o ano em 1950 o povoado passou a se chamar Bom jardim. Nessa época ouve a elevação da população do povoado criando a necessidade de água para o abastecimento do lugarejo e foi daí se início a obra do açude Bom jardim conhecido hoje como açude Grande.

O pequeno Bom jardim foi crescendo aos poucos e elevada a categoria de vila e no ano de 1962 sua denominação mudava de bom jardim para Vila Potiretama nome de origem indígena que quer dizer POTY: Flor Bonita; RETAMA: Pátria, Região, lugar.

Por 68 anos a comunidade Potiretama foi subordina a Iracema até que no ano de 1985 deu se início ao movimento de libertação, liderados pelos cidadãos Valmir Diógenes, Sebastião Gomes de Menezes, Antônio Saraiva Guerra, Antônio Augusto da Silva, Elias Sousa Freitas, Maria Nívia Campelo, Maria Rita Magalhães de Almeida e Iolanda Campelo Bessa. No dia 15 de maio de 1987 Potiretama foi emancipado pela Lei estadual 11.317 e passou a categoria de município com um território se desmembrado de Iracema, o município passou a ter uma área total 493 quilômetros quadrados e com distância de 275 km da capital do estado, banhado em maior parte pelo Rio Figueiredo.

Baseados nos dados adquiridos Constatam que Potiretama se encontra em constante desenvolvimento aonde a cada vai ganhando seu espaço significativo na sociedade cearense, mesmo se tratando de um pequeno município. Nos dias atuais a cidade já dispõe de áreas de esporte e lazer e de uma boa educação. Sua economia é praticamente baseada no cultivo de caju onde poderia ter uma grande melhoria se houvesse a criação de uma fabrica para melhor aproveitamento dessa riqueza natural e para o aumento de renda com geração de novos empregos e com isso alcançar a cada dia o pregresso sonha do por todos.

Potiretama terra de povo humilde e acolhedor, onde todos devem orgulhar- se de fazer parte da história dessa terra e de seu crescimento.

Principais manifestações culturais: Destaca-se a festa da padroeira da sede e de alguns padroeiras locais(comunidades) e as festas juninas principalmente o Arraiá da Fantasia da comunidade de Barros que já é apresentado há pelo menos dez anos, manifestação essa que conta com ajuda das pessoas da própria comunidade.Colocando em destaque a participação dos jovens da mesma que unidos fazem uma bela apresentação de quadrilha matuta.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia é a Pecuária, Agricultura, Comércio e Serviços Municipal

População[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada 2010 em 6126 habitantes.

Densidade Demográfica (hab/km²):15,14

Divisão administrativa[editar | editar código-fonte]

Atualmente o município é constituído de dois distritos:

  • Potiretama (sede)
  • Canindezinho

Principais comunidades e localidades[editar | editar código-fonte]

Potiretama (sede), Caatingueirinha, Canindezinho, Baixinha,Baracha, Barros Vermenho, Caatinga Grande, Lapa,Trapiar

Sociedade Civil Organizada[editar | editar código-fonte]

Luta Pela Reforma Agrária

Em Potiretam existe muitos latifúndios possibilitando assim a luta pela Reforma Agrária onde existe a atuação do Movimento dos Sem Terra - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

Assentamentos já instalados:

Movimento Sindical

Existem um movimento sindical organizado e atuante dois Sindicatos ambos filiados a Central Única dos Trabalhadores.

os Quais são:

  • Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Potiretama - STTR
  • Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Potiretama

Movimento dos Atingidos Por Barragem

Com a construção da Barragem do Rio Figueiredo, a qual vai inundar várias comunidades e assentamentos provocou uma nova luta, as dos atingidos por Barragem que conta com o apoio do Movimento dos Atingidos por Barragens.

Algumas comunidades atingidas pela barragem do Rio Figueiredo:

Grupos

  • Grupo de Jovens Transformadores e Solidários - GJTS.
  • Feira da Agricultura Familiar e Economia Popular Solidária - EPS

O território Jaguaribano é espaço onde se enfrentam visões de mundo diversas, com explicitas diferenças na perspectiva da sustentabilidade política, econômica e socioambiental. O contexto político, econômico e social é desigual nesse território marcado por conflitos entre o modelo desenvolvimentista imposto na região e o modelo experienciado pelos grupos/ comunidade baseado em desenvolvimento solidário e sustentável.

História política de Potiretama[editar | editar código-fonte]

No início do século XIX os irmãos Campelo vindo do estado de Pernambuco fundam o primeiro núcleo de habitacional de Potiretama, o qual anos depois tornou-se a 'Vila de Nazaré, que em 1950 é elevado a categoria de distrito com o nome de Bom Jardim, subordinado ao Município de Iracema, no ano de 1985 inicia -se o movimento emancipacionista, liderados pelos cidadãos: Valmir Diógenes, Sebastião Gomes de Menezes, Antônio Saraiva Guerra, Antônio Augusto da Silva, Elias Sousa Freitas, Maria Nívia Campelo, Maria Rita Magalhães de Almeida e Iolanda Campelo Bessa. No dia 15 de Maio de 1987 o distrito de Bom Jardim é emancipado pela Lei estadual número 11.317, passando a chamar-se Potiretama, correspondendo a uma área territorial de 493 km² e com distância de 275 km da capital do estado do Ceará.

Prefeitos eleitos em Potiretama foram:

  • 1988-1992 - Valmir Diógenes Pinheiro - PFL/PMB
  • 1993-1996 - Maria Rita Magalhães de Almeida - PSDB
  • 1997-2000 - Valmir Diogenes Pinheiro - PSD (Falecido)
  • 1997-2000- Maria Lioza da Silva - PSD ( Vice que assumiu, após a morte do Prefeito Valmir Diogenes Pinheiro)
  • 2001-2004 - Maria Oneide Paiva Diógenes - PSD
  • 2005-2008 - Jaymirton Diogenes Cavalcante - PT
  • 2009-2012 - Francisco Adelmo Nogueira de Aquino - PRB
  • 2013-2016 - Francisco Adelmo Nogueira de Aquino - PRB
  • 2017-2020 - José Eudes Da Silva - PSD

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.