Francisco de Assis da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Reverendíssimo
Francisco de Assis da Silva

Bispo da Diocese Anglicana Sul-Ocidental

Dom Francisco Silva.png
Província da Comunhão Anglicana Igreja Episcopal Anglicana do Brasil
Diocese Diocese Anglicana Sul-Ocidental
Ordenação e Nomeação
Ordenação Diaconal 1991
Ordenação Presbiteral 1991
Consagração Episcopal 2010
Dados pessoais
Nome de batismo Francisco de Assis da Silva
Nascimento 5 de setembro de 1959 (61 anos)
Olinda, Pernambuco
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Talita Tochetto Olders
Cargos anteriores Secretário Geral (2006-2011)
Presidente da Câmara de Clérigos e Leigos (2003-2006)

Francisco de Assis da Silva é um bispo anglicano brasileiro. Atualmente exerce a função de Primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, concomitantemente com a Diocese Anglicana Sul-Ocidental. Além de religioso, Dom Francisco é também advogado e possui mestrado em Ciências Políticas. [1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Natural de Olinda, Dom Francisco estudou no Seminário Batista do Nordeste, mais tarde ingressando no Seminário Anglicano do Recife.[1] Em janeiro de 1991 foi ordenado diácono e, em dezembro do mesmo ano, presbítero.[1] Foi o responsável pela Paróquia de Santa Maria em Belém do Pará (atual Catedral) e pela Paróquia de Todos os Santos em Novo Hamburgo. De 2003 a 2006, atuou como presidente da Câmara de Câmara de Clérigos e Leigos.

Em outubro de 2010, Assis foi eleito bispo da Diocese Anglicana Sul-Ocidental, com sé em Santa Maria (Rio Grande do Sul), Rio Grande do Sul.[1] Antes disso, ele havia servido como Secretário-Geral da IEAB.[1] Em novembro de 2013, dom Francisco obteve a maioria dos votos da Câmara de Clérigos e Leigos, enquanto seu adversário na disputa, dom Naudal Gomes, obteve a maioria dos votos da Câmara dos Bispos. Conforme os participantes do Sínodo se preparavam para votar novamente, dom Naudal anunciou sua renúncia da disputa.[1] Assim sendo, Dom Francisco foi nomeado sucessor de Dom Maurício José Araújo de Andrade no cargo de bispo primaz da Província da Comunhão Anglicana do Brasil, o qual ocupou até 2018, quando foi substituído por Dom Naudal Alves Gomes.[1]

Na sua cerimônia de posse, realizada na Catedral Anglicana do Redentor (Tijuca), reafirmou seu compromisso com o missionarismo,[1] uma das marcas da gestão de seu antecessor.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]