Gāyatrī Mantra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gayatri1.jpg
Recitação do mantra Gayatri. Duração: 22 segundos

Gāyatrī (gāyatrī Sânscrito: गायत्री) é a forma feminina de gāyatra, uma palavra sânscrita para uma música ou hino. O nome pode fazer referência aos seguintes significados:

  • Uma métrica poética dos Vedas que consiste de 24 sílabas com três versos de oito sílabas cada um. Ver métrica védica.
  • Qualquer hino composto nesta métrica.
  • No Hinduísmo, é um mantra que aparece no Ṛgveda (3.62.10) atribuído ao ṛṣi Viśvamitra.
  • Gāyatrī é o mantra personificado na forma da Deusa , associada com Sarasvatī, que representa a Sabedoria e a Ciência.
  • Um conjunto de 24 mantras em louvor das diferentes deusas e deuses hindus nos quais as palavras finais de cada verso são sempre vidmahe, dhīmahi e pracodayāt.

Mantra[editar | editar código-fonte]

O Gāyatrī Mantra é o mais venerado mantra no Hinduísmo. Consiste no prefixo :oṃ bhūr bhuvaḥ svaḥ ॐभूर्भुवस्वः, uma fórmula tirada do Yajurveda, e o verso 3.62.10 do Ṛgveda (que é um exemplo da métrica Gāyatrī). Porque todos os outros três Vedas contêm muito material reorganizado do Ṛgveda, o Gāyatrī mantra é encontrado em todos os quatro Vedas. O deva invocado neste mantra é Savitrī, e conseqüentemente o mantra também é chamado de Savitrī.

Amplamente aclamado na Índia e por hindus, a posição suprema do Gāyatrī Mantra é mais adiante aumentada pela proclamação do Senhor Krishna no seu discurso espiritual, o Bhagavad Gita, que entre os mantras ele é o Gāyatrī. O Gāyatrī Mantra é proclamado na Bhagavadgītā como a Oração Universal, sem consideração de casta, credo ou sexo. É uma oração com o propósito de proteger qualquer indivíduo, e, quando expressado com imensa devoção e concentração, vai proteger a pessoa. Contudo, uma pronúncia adequada é necessária e espera-se que a pessoa seja vegetariana estrita.

Texto[editar | editar código-fonte]

Veja o verbete sânscrito para conhecer detalhes de pronúncia correta.

ॐ भूर्भुवस्वः ।
तत् सवितुर्वरेण्यं ।
भर्गो देवस्य धीमहि ।
धियो यो नः प्रचोदयात् ॥
Om bhūr bhuvaḥ svaḥ
tat savitur váreṇyaṃ
bhārgo devasya dhīmahi
dhiyo yo naḥ pracodáyāt[1]

Traduções[editar | editar código-fonte]

    • Gāyatrī Pariwar
Ó Deus, Tu és o doador da vida, o removedor da dor e da tristeza, que garante a felicidade; Ó Criador do Universo, possamos nós receber a Tua suprema luz, destruidora dos pecados; possa Tu guiar o nosso intelecto no caminho certo.
    • Kavikratu Tattva Budh
O Sol Supremo e Todo-Poderoso nos impulsiona com o seu divino brilho para que então nós possamos atingir uma nobre compreensão da realidade.
  • Pedro Kupfer
Oṁ. Contemplemos o esplendor da sagrada fonte da vida (Savituḥ), presente na terra, na atmosfera e no céu. Que ele ilumine a nossa visão”.
    • Ralph T.H. Griffith (1896):
Que nós possamos atingir aquela excelente glória de Savitr ara que, assim, ele possa estimular as nossas orações.
Meditamos na Glória transcendental da DIvindade Suprema, que está dentro do coração da terra, dentro da vida do céu e da alma do Paraíso. Possa Ele estimular e iluminar nossas mentes.[2]
    • Shri Prem Baba
Em todos os três mundos, terrestre, astral e celestial, que possamos meditar sobre o esplendor daquele sol divino que nos ilumina. Que toda a luz dourada acalente nosso entendimento e nos guie na jornada para a morada sagrada.
    • Times Music
Ó, Criador do universo! Meditamos sobre Teu supremo esplendor. Possa Teu radiante poder iluminar o nosso intelecto, destruir os nossos pecados, e nos guiar no caminho certo.
  • William Q. Judge
Desvele, Ó Tu que deste mantimento ao Universo, de quem tudo procede, a quem tudo deve retornar, aquela face do Verdadeiro Sol agora oculto por um vaso de luz dourada, que nós possamos ver a verdade e fazer o nosso dever inteiro na nossa jornada ao teu assento sagrado.

Explicação palavra-por-palavra[editar | editar código-fonte]

O Gāyatrī Mantra na Chāndogyopaniṣad[editar | editar código-fonte]

Na Chāndogyopaniṣad (III:12.1-4), o Gāyatrī aparece como o símbolo do Ilimitado, presente em tudo e em todos:

गायत्री वा ईद सर्वं भूतं यदिदं किंच वाग्वै गायत्री वाग्वा इद सर्वं भूतं गायति च त्रायते च ॥ १ ॥

या वै सा गायत्रीयं वाव सा येयं पृथिव्यस्या हीद सर्वं भूतं प्रतिष्ठितमेतामेव नातिशीयते ॥ २ ॥

या वै सा पृथिवीयं वाव सा यदिदमस्मिन्पुरुषे शरीरमस्मिन्हीमे प्राणाः प्रतिष्ठिता एतदेव नातिशीयन्ते ॥ ३ ॥

यद्वै तत्पुरुषे शरीरमिदं वाव तद्यदिदमस्मिन्नन्तः पुरुषे हृदयमस्मिन्हीमे प्राणाः प्रतिष्ठिता एतदेव नातिशीयन्ते ॥ ४ ॥

gāyatrī vā īdaṁ sarvaṁ bhūtaṁ yadidaṁ kiṁ ca vāgvai

gāyatrī vāgvā idaṁ sarvaṁ bhūtaṁ gāyati ca trāyate ca || 1 ||

yā vai sā gāyatrīyaṁ vāva sā yeyaṁ pṛthivyasyāṁ

hīdaṁ sarvaṁ bhūtaṁ pratiṣṭhitametāmeva nātiśīyate || 2 ||

yā vai sā pṛthivīyaṁ vāva sā yadidamasminpuruṣe

śarīramasminhīme prāṇāḥ pratiṣṭhitā etadeva nātiśīyante || 3 ||

yadvai tatpuruṣe śarīramidaṁ vāva tadyadidamasminnantaḥ

puruṣe hṛdayamasminhīme prāṇāḥ pratiṣṭhitā etadeva nātiśīyante || 4 ||

Realmente, o Gāyatrī é tudo o que existe aqui, seja o que for o existente.

Tradução[editar | editar código-fonte]

A palavra é o Gāyatrī, pois a palavra canta e protege tudo o que aqui existe. || 1 ||

Realmente, aquilo que esta terra é, é o que este Gāyatrī é.

Pois ele é tudo o que aqui existe não se estende mais além. || 2 ||

Realmente, este Gāyatrī é o mesmo que o corpo humano.

Pois nele os prāṇas estão, e não se estendem mais além. || 3 ||

Realmente, aquilo que o corpo é, é o mesmo que o coração é.

Pois nele os prāṇas estão, e não se estendem mais além. || 4 ||[3]

A deusa Gāyatrī[editar | editar código-fonte]

Originalmente a personificação do mantra, a deusa Gāyatrī é considerada vedamātā, a mãe de todos os Vedas e cônjuge do deus Brahmā, e também a personificação do onipenetrante Parabrahman, a realidade imutável que está por trás de todos os fenômenos.

Gāyatrī é geralmente retratada sentada num lótus vermelho, significando riqueza. Ela aparece em qualquer uma dessas formas:

  • Como tendo cinco cabeças, com dez olhos olhando nas oito direções e o céu e a terra, e dez braços segurando todas as armas de Vishnu, simbolizando todas as suas reencarnações.
  • Acompanhada por um cisne, segurando um livro em uma mão, e uma cura na outra, como a deusa da Educação.

O Gāyatrī Mantra é o tema de abertura do programa de TV Battlestar Galactica.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «The Upanishads "The Gayatri Mantra" | Sri Chinmoy Library». www.srichinmoylibrary.com (em inglês). Consultado em 26 de março de 2018 
  2. «The Gayatri Mantra | Sri Chinmoy Library». www.srichinmoylibrary.com (em inglês). Consultado em 26 de março de 2018 
  3. Kupfer, Pedro (2 de fevereiro de 2021). «Recomendações para Meditar no Gāyatrī Mantra». www.yoga.pro.br. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]