Geografia do Sudão do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Geografia do Sudão
Mapa do Sudão
Continente África
Região Norte da África
Área
Posição 45.º maior
Total 619 745
Fronteiras
Total
Países vizinhos Sudão, Etiópia, Quénia, Uganda, República Democrática do Congo e República Centro-Africana.
 
Maior rio Nilo Azul
Deserto no leste do Sudão.

O Sudão do Sul, independente desde julho de 2011, é maioritariamente coberto por floresta tropical, pântanos, e pradarias.

O Nilo Branco atravessa o país fluindo de sul para norte, e passa em Juba, a capital do país.[1]

Cerca de metade da água do Nilo Branco perde-se em pântanos ou é consumida pela vegetação ou animais. Os pântanos nas regiões de Sudd, Bahr el Ghazal e do rio Sobat formam um importante ecossistema.

O monte mais alto do país é o Kinyeti.

Carta geológica do Sudão do Sul

A parte centro-oriental do país é uma planície fluvial, onde as aluviões são distribuídas à medida que a subsidência afeta o substrato rochoso. Há jazidas de petróleo e gás natural.

A parte sudoeste do país tem afloramentos do substrato, constituído por rochas magmáticas. Na fronteira com a Etiópia há afloramentos de rochas magmáticas e intrusivas.

Referências

  1. Moukaddem, Karimeh (6 de junho de 2011). «South Sudan's tropical forests fast disappearing». Sudan.net. Consultado em 9 de julho de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da África, integrado no Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Flag map of South Sudan.svg Sudão do Sul
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens