Gianluigi Gelmetti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gianluigi Gelmetti
Nascimento 11 de setembro de 1945 (73 anos)
Roma
Cidadania Itália
Ocupação compositor, maestro, professor universitário, músico
Empregador Accademia Nazionale di Santa Cecilia

Gianluigi Gelmetti (Roma, 11 de setembro de 1945) é um maestro e compositor italiano.

Ele estudou condução com Franco Ferrara, Sergiu Celibidache e Hans Swarowsky. Ele conduziu a primeira orquestra em Siena, aos dezesseis anos de idade.[1]

Gelmetti serviu como Maestro Residente da Orquestra Sinfônica da Rádio de Stuttgart (1989 - 1998) e da Orquestra Filarmónica de Monte Carlo (1990 - 1992). Gelmetti tornou-se Maestro Chefe do Teatro da Ópera de Roma em 2001. Em julho de 2006 ele e a companhia anunciaram queele concluiria seus trabalhos na Ópera em 2008.[2] Gelmetti conduziu as premières da Sétima Sinfonia de Hans Werner Henze com a Filarmônica de Berlim em 1984 e da ópera Marilyn de Lorenzo Ferrero, no Teatro da Ópera de Roma em 1980.

Gelmetti fez sua primeira aparição como Maestro Convidado com a Orquestra Sinfônica de Sydney em 1994. Ele tornou-se Maestro Chefe e Diretor Artístico da orquestra em 2004, trabalhando até 2008. Ele continua conduzindo a Orquestra como convidado.[3]

Referências

  1. Anne Maria Nicholson (26 de fevereiro de 2004). «Sydney Symphony appoints new chief conductor (radio transcript)». Australian Broadcasting Corporation, The 7:30 Report. Consultado em 9 de abril de 2008 
  2. Matthew Westphal (24 de julho de 2006). «Gianluigi Gelmetti to Step Down as Opera di Roma's Music Director - And Calls for Riccardo Muti to Succeed Him». Playbill Arts. Consultado em 9 de abril de 2008 
  3. Vivien Schweitzer (8 de março de 2006). «Sydney Symphony Conductor Gianluigi Gelmetti to Step Down in 2008». Playbill Arts. Consultado em 9 de abril de 2008