Glenn Slater

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Glenn Slater (nascido em 1968) é um letrista americano, que colabora com Alan Menken, Andrew Lloyd Webber e outros compositores de teatro musical. Ele foi indicado para o Tony Award, de melhor trilha sonora original para a versão da Broadway de A Pequena Sereia e recebeu sua segunda indicação ao Tony por Sister Act.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Slater nasceu no Brooklyn, Nova York, mas foi criado em East Brunswick, Nova Jersey. Em 1990, ele se formou na Universidade de Harvard, onde ele compôs na 141º produção da Hasty Pudding Theatricals, Whiskey Business. Ele recebeu o prêmio Richard Rodgers New da ASCAP Fundação com o compositor Stephen Weiner.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Slater escreveu a letra para a produção Off-BroadwayNewyorkers, produzido pela Manhattan Clube de Teatro em 2001.[1] Ele escreveu letras para as seis edições do Ringling Brothers & Barnum e Bailey Circus.

Seu primeiro trabalho com Alan Menken foi em Home on the Rangede 2004, e a versão musical do filme Sister Act, Sister Act Musical (2006).[2]

Ele escreveu as letras para a versão teatral de A Pequena Sereia (2008), Substituindo o letrista original do filme, Howard Ashman, que morreu em 1991.[3] Ele também trabalhou com Menkenna nova versão do musical Leap of Faith.[4]

Slater e sua esposa, Wendy Leigh Wilf, que escreveu o livro, a música e a letra para um novo musical Beatsville que recebeu uma produção em 2008 no NAMT Festival de Novos Musicais, em Nova York. Ele é baseado no filme de Roger Corman de 1959,  A Bucket of Blood.[5]

Ele também compôs a letra e co-escreveu o livro para maiores os musicais de  Andrew Lloyd Webber: Love Never Dies, que é uma continuação de O Fantasma da Ópera (1986) do Webber. O show teve sua estréia no West End, em março de 2010.[6] Depois de críticas generalizadas as letras de Slater no show, Charles Hart foi trazido para substancialmente reescrever partes do libreto.

Slater escreveu as letras para as músicas de Tangled, "50º animação da Disney". Em 2015, ele trabalhou novamente com Andrew Lloyd Webber para o Broadway musical, School of Rock, adaptação do filme de mesmo nome, e continuou seu trabalho com Menken escrevendo as letras para as músicas de Galavant da ABC.[7]

Slater participou do BMI Musical, Oficina de Teatro e foi escritor-residente do Musical Theatreworks.[1]

Prémios [editar | editar código-fonte]

Ele foi nomeado para o  Prêmio Tony de Melhor trilha sonora Original por A Pequena Sereia em 2008, e recebeu sua segunda indicação para o prêmio, em 2011, por Sister Act.[8]

Ele ganhou um Prêmio Grammy no Grammy Awards 2012 (realizada em 12 de fevereiro de 2012), de Melhor Canção Escrita para Mídia Visual , por "I See The Light", do filme de animação Tangled.

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Slater vive em Nova York com sua esposa Wendy Leigh Wilf e dois filhos, Benjamin e Daniel.[9]

Referências

  1. a b Jones, Kenneth."
  2. Hernandez, Ernio.
  3. Gans, Andrew."
  4. Gans, Andrew."
  5. Hetrick, Adam.
  6. Gans, Andrew and Shenton, Mark."
  7. «Andrew Lloyd Webber's 'School of Rock' Musical Coming to Broadway in November». nytimes.com. The New York Times. 18 December 2014. Consultado em 1 January 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  8. http://broadwayworld.com/article/2011-Tony-Nominations-Announced-THE-BOOK-OF-MORMON-Leads-With-14-20110503
  9. Slater credits playbill.com, accessed February 1, 2010