Gojushiho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gojushiho
Grafia
Tradução 54 passos
Outros nomes Hotaku (Pica-Pau)
Sushiho
Useishi
Kanji 五十四歩
Hiragana ごじゅうしほ
Informações gerais
Classe Kata
Estilo(s) praticante(s) Shito-ryu
Shotokai
Shorin-ryu
Conteúdo
Variação(ões) Gojushiho dai, gojushiho sho
Técnica(s) correspondente(s) Tangsudo: O Sip Sa Bo
Karate icon.svg

Gojushiho (五十四歩, Gojūshiho?, cinquenta e quatro passos) é um kata do caratê, que foi introduzido em Oquinaua por intermédio de praticantes do Tomari-te. Como havia efetiva troca de conhecimentos com os paraticantes do te em Shuri, devido principalmente à proximidade entre as urbes, existiu sua prática contemporânea mo estilo Shuri-te.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

A origem da sequência é, como a maioria das outras formas, encontrada no wushu chinês, estilo Fênix de kung fu Shaolin. Quando o kata foi portado para o estilo Shotokan, o mestre Gichin Funakoshi, ajudado por seu filho, além de o adaptarem ao escopo do estilo, criaram uma forma derivada, nomeando-os de gojushiho dai e gojushiho sho. [3][4]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Chuan fa
Tomari-te
Shuri-te
Shorin-ryu
Shotokan
Shito-ryu
Shindo jinen ryu
Kobayashi-ryu
Matsubayashi-ryu
Seidokan
Kyokushin
Wado-ryu

Características[editar | editar código-fonte]

É um kata muito extenso, como seu nome sugere. O vetusto nome de hotaku (啄木鳥), ou pica-pau, também faz menção às técnicas com as mãos em forma de cunha, ou bico (nukite).

Referências

  1. «Kata» (em inglês). Consultado em 07.fev.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «University of New Hampshire Shotokan Karate Club» (em inglês). Consultado em 07.fev.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. Tony Annesi. «Bushido-kai Kata Comparison Series Analysis and Applications: Gojushiho-dai & Gojushiho-sho» (em inglês). Cópia arquivada (PDF) em 18.abr.2005  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  4. «Kata | Sydney Matsubayashi Ryu Karate Australia» (em inglês). Consultado em 26.set.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

NAKAYAMA, Masatoshi. O melhor do karatê: gojushiho dai, gojushiho sho, meikyo. 11 v. São Paulo: Cultirx, 2002. ISBN 8531607655.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre caratê é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.