Shuri-te

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shuri-te
Itosu Anko.jpg

Grafia
Outros nomes Sui-di
Kanji 首里手
Hiragana しゅりて
Informações gerais
Escopo Emprego de técnicas contundentes, para conservação da energia
Origem
País   Ryukyu
Cidade Shuri
Fundador
Adeptos notáveis
Karate icon.svg

Shuri-te (首里手?) [a] é um estilo dos três estilos primordiais de caratê, nascido ainda na época em que a arte marcial começava a ser conhecida por tode[b]. Sua denominação se deve à sua origem, haja vista ter surgido na capital do vetusto reino de Ryukyu, a cidade de Shuri.[1]

A formação do estilo Shuri-te teve por fundamento o conjunto de golpes direitos e defesas em ângulo. Os golpes ofensivos visam sempre a um ponto vital, o que mostra o preponderâncias de atemi waza, que visam a resolver um eventual embate num golpe singular (ikken hissatsu).[2]

História[editar | editar código-fonte]

No arquipélago de Oquinaua, as origens dos sistemas de luta apontam para mais de mil anos. Como se deu nos domínios feudais da Ásia, havia um classe de guerreiros, os quais estudavam métodos de ataque e defesa para os enfrentamentos ocorridos entre os vários clãs e famílias. Todavia, mesmo entre os plebeus existiam aqueles que tinham conhecimentos marciais, até em razão das necessidades cotidianas.

O Rei Sho Hashi promulgou um édito proibitivo do uso de armas por parte da população civil, que acelerou o processo de desenvolvimento, culminando no caratê. No decorrer, o caratê ramificou-se em três vertentes radicadas nas cidades de Shuri, Tomari e Naha. Em Shuri, então capital do país, onde viviam a família real[c] e se alojavam os guerreiros, a nasceu a linha chamada de shuri-te.[3]

O sistema sofreu influências directas desde o estilo de chuan fa do Templo Shaolin. Mas, em decorrência de a cidade ser a capital do reino, os condutores de sua formação pertenciam mormente à aristocracia militar, baseados no lendário Castelo de Shuri, sendo moldado, pois, às suas necessidades, assim como sucedeu com os samurais do Japão, quando desenvolveram o jiu-jitsu.

Após a invasão de Oquinaua pelos samurais do clã de Satsuma, sobreveio à população nova probição e confisco de armas da população. Tal proibição abateu-se mais sensível na classe guerreira, os peichin.

Características[editar | editar código-fonte]

O repertório de golpes do estilo é caracterizado por movimentos rápidos e em linha reta, economia de golpes, que são sempre dirigidos a pontos específicos, aplicados no intuito de incapacitar desde logo o oponente, resolvendo a contenda com pouco gasto de esforços. Desta feita, a postura do estilo é bastante ofensiva.[4]

Notas

[a] ^ Shuri-te (em oquinauense: スイディー Sui-di).
[b] ^ Os três estilos tradicionais de caratê são shuri-te, naha-te e tomari-te.
[c] ^ A Casa Real de Ryukyu possuía uma arte marcial particular, chamada Gotende.[5]

Referências

  1. «Karate-Do - História: O Karate-Do e sua origem». Consultado em 24.nov.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «História do Karate-do Shorin Ryu». Consultado em 24.nov.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. (em inglês) http://allokinawakarate.com/history.html. Consultado em 01.fev.2011  Texto "All Okinawa Karate & Kobudo" ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «Okinawan Shuri-Te Karate-Do» (PDF) (em inglês). Consultado em 01.fev.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Web Dojo» (em inglês). Consultado em 01.fev.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre caratê é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.