Grande Prêmio da Itália de 2001 (Fórmula 1)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio da Itália de F-1 2001
Circuit Monza.svg
Grande Prêmio da Itália de 2001 (Fórmula 1).
Detalhes da corrida
Data 16 de setembro de 2001
Nome oficial LXXII Gran Premio Campari d'Italia
Local Autodromo Nazionale Monza, Monza, Itália
Percurso 5.793 km
Total 56 voltas / 306.719 km
Pole
Piloto
Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW
Tempo 1:22.216
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW
Tempo 1.25.073 (na volta 39)
Pódio
Primeiro
Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW
Segundo
Brasil Rubens Barrichello Ferrari
Terceiro
Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW

O Grande Prêmio da Itália de 2001 (formalmente LXXII Gran Premio Campari d'Italia) foi a 15ª etapa da temporada de 2001 da Fórmula 1. Disputada em 16 de setembro, a prova foi realizada no Autodromo Nazionale Monza.

Esta foi a primeira corrida de F-1 realizada após os Ataques de 11 de setembro. Em sinal de luto, a Ferrari correu com o carro sem nenhuma pintura de patrocinador, e com o nariz do carro pintado de preto-fosco.

Rubens Barrichello mostrou um bom ritmo no início da corrida e logo ficou evidente que ele estava em uma estratégia de duas paradas, enquanto as Williams-BMW de Ralf Schumacher e Juan Pablo Montoya pararam apenas uma vez. Michael Schumacher também fez duas paradas, mas ele não conseguiu brigar pela vitória, sendo ofuscado por Barrichello, que chegou em segundo lugar, a mais de 5 segundos atrás de Montoya, que comemorou sua primeira vitória na Fórmula 1. Ralf Schumacher foi o terceiro, e Michael Schumacher cruzou a linha de chegada em quarto.

Outro fato importante era de que Michael Schumacher tentou organizar um pacto que iria ver os pilotos tratarem a primeira volta como se estivesse acontecendo atrás do safety car. O plano falhou, pois Jacques Villeneuve e Flavio Briatore, chefe de equipe da Benetton, recusando-se a aceitar o pacto. Schumacher tinha se esforçado para evitar acidentes na largada, devido a uma combinação dos efeitos dos atentados ocorridos em 11 de setembro, a morte de um fiscl em um acidente no início do GP em 2000, e o violento acidente na etapa de Lausitz da CART, na qual o ex-piloto de F1 Alessandro Zanardi ficou gravemente ferido, e posteriormente tendo as duas pernas amputadas. Em entrevistas de pré-corrida, vários pilotos declararam que era importante para garantir que a corrida passasse sem um incidente mais grave.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Treino classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Tempo Diferença
1 6 Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW 1:22.216 1
2 2 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 1:22.528 +0.312 2
3 1 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 1:22.624 +0.408 3
4 5 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 1:22.841 +0.625 4
5 11 Itália Jarno Trulli Jordan-Honda 1:23.126 +0.910 5
6 4 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 1:23.148 +0.932 6
7 3 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 1:23.394 +1.178 7
8 16 Alemanha Nick Heidfeld Sauber-Petronas 1:23.417 +1.201 8
9 17 Finlândia Kimi Räikkönen Sauber-Petronas 1:23.595 +1.379 9
10 19 Espanha Pedro de la Rosa Jaguar-Cosworth 1:23.693 +1.477 10
11 8 Reino Unido Jenson Button Benetton-Renault 1:23.892 +1.676 11
12 22 Alemanha Heinz-Harald Frentzen Prost-Acer 1:23.943 +1.727 12
13 18 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 1:24.031 +1.815 13
14 7 Itália Giancarlo Fisichella Benetton-Renault 1:24.090 +1.874 14
15 10 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 1:24.164 +1.948 15
16 12 França Jean Alesi Jordan-Honda 1:24.198 +1.982 16
17 9 França Olivier Panis BAR-Honda 1:24.677 +2.461 17
18 15 Brasil Enrique Bernoldi Arrows-Asiatech 1:25.444 +3.228 18
19 14 Países Baixos Jos Verstappen Arrows-Asiatech 1:25.511 +3.295 19
20 23 República Checa Tomáš Enge Prost-Acer 1:26.039 +3.823 20
21 21 Espanha Fernando Alonso Minardi-European 1:26.218 +4.002 21
22 20 Malásia Alex Yoong Minardi-European 1:27.463 +5.247 22
107% time: 1:27.971
Source:[1]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Voltas Tempo Grid Pontos
1 6 Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW 53 1:16:58.493 1 10
2 2 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 53 +5.175 2 6
3 5 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 53 +17.335 4 4
4 1 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 53 +24.991 3 3
5 19 Espanha Pedro de la Rosa Jaguar-Cosworth 53 +1:14.984 10 2
6 10 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 53 +1:22.469 15 1
7 17 Finlândia Kimi Räikkönen Sauber-Petronas 53 +1:23.107 9  
8 12 França Jean Alesi Jordan-Honda 52 +1 volta 16  
9 9 França Olivier Panis BAR-Honda 52 +1 volta 17  
10 7 Itália Giancarlo Fisichella Benetton-Renault 52 +1 volta 14  
11 16 Alemanha Nick Heidfeld Sauber-Petronas 52 +1 volta 8  
12 23 República Checa Tomáš Enge Prost-Acer 52 +1 volta 20  
13 21 Espanha Fernando Alonso Minardi-European 51 +2 voltas 21  
Ret 15 Brasil Enrique Bernoldi Arrows-Asiatech 46 Problema na cambota 18  
Ret 20 Malásia Alex Yoong Minardi-European 44 Spun-off 22  
Ret 22 Alemanha Heinz-Harald Frentzen Prost-Acer 28 Caixa de velocidades 12  
Ret 14 Países Baixos Jos Verstappen Arrows-Asiatech 25 Pressão do óleo 19  
Ret 3 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 19 Caixa de velocidades 7  
Ret 18 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 14 Motor 13  
Ret 4 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 6 Motor 6  
Ret 8 Reino Unido Jenson Button Benetton-Renault 4 Motor 11  
Ret 11 Itália Jarno Trulli Jordan-Honda 0 Acidente 5  

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Italian GP Saturday qualifying». motorsport.com. Motorsport.com, Inc. 17 de setembro de 2001. Consultado em 9 de setembro de 2001. 
Prova Anterior:
Grande Prémio da Bélgica de 2001
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2001
Próxima Prova:
Grande Prémio dos Estados Unidos de 2001

Prova Anterior:
Grande Prémio da Itália de 2000
Grande Prémio da Itália Próxima Prova:
Grande Prémio da Itália de 2002