Henry Martyn Baird

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henry Martyn Baird
Henry Martyn Baird
Nascimento 17 de janeiro de 1832
Filadélfia
Morte 11 de novembro de 1906 (74 anos)
Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Progenitores Pai: Robert Baird
Alma mater Universidade de Nova Iorque, Seminário Teológico de Princeton, Union Theological Seminary
Ocupação Historiador, educador
Principais trabalhos História da Ascensão dos Huguenotes

Henry Martyn Baird (Filadélfia, 17 de janeiro de 1832 — Nova Iorque, 11 de novembro de 1906) foi um historiador e educador norte-americano, mais conhecido como um historiador dos huguenotes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Henry Martyn foi filho de Robert Baird (1798-1863), um pregador presbiteriano e escritor, que trabalhou tanto nos Estados Unidos, quanto na Europa pela causa da temperança.[1]

Ele passou oito anos de sua juventude com seu pai em Paris e Genebra e em 1850 se formou na Universidade de Nova Iorque. Viveu depois dois anos na Itália e na Grécia, estudou no Seminário Teológico da União em Nova Iorque de 1853 a 1855 e em 1856 se formou no Seminário Teológico de Princeton. Foi um tutor por quatro anos no Colégio de Nova Jersey (atual Universidade de Princeton) e desde 1859 até sua morte foi professor de língua e literatura grega na Universidade de Nova Iorque.[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

O seu trabalho sobre os huguenotes foi publicado em três partes, intituladas respectivamente: "História da Ascensão dos Huguenotes na França" (2 volumes, 1879); "Os Huguenotes e Henrique de Navarra" (2 volumes, 1886); "Os Huguenotes e a Revogação do Édito de Nantes" (2 vols, 1895), caracterizadas por detalhes, por um temperamento judicial e por uma erudição de alta ordem.[1]

Publicou também "Grécia Moderna, uma Narrativa de uma Residência e Viagens nesse País" (1856); uma biografia de seu pai, "A Vida do Reverendo Robert Baird, D.D." (1866); e "Teodoro de Beza, o Conselheiro da Reforma francesa" (1899).[1]

Notas

  1. a b c d Chisholm, Hugh;. «Baird, Henry Martyn». Encyclopædia Britannica (em inglês). 3 1911 ed. Cambridge: Cambridge University Press. 224 páginas 

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]