Horneophytopsida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaHorneophytopsida
Ocorrência: Silúrico ao Devoniano[1]
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Horneophyta
Clado: Horneophytopsida
Protracheophyta
Polysporangiophyta
Meyen, 1978
Classe: Horneophytopsida
Géneros
Sinónimos
Reconstrução de Horneophyton lignieri.

Horneophytopsida é um grupo de plantas extintas, considerado como tendo o nível taxonómico de classe, que agrupa um conjunto de espécies conhecidas apenas do registo fóssil. Também frequentemente referidas por horneófitas, eram plantas ramificadas e sem folhas que viveram entre o Silúrico tardio e o Devoniano inferior, há aproximadamente 430 a 390 milhões de anos atrás.[2] Anteriormente este grupo foi incluído entre as Rhyniophyta, mas presentemente considera-se que estas plantas desenvolveram ramificações no esporófito, característica que terá precedido o desenvolvimento do verdadeiro tecido vascular (protraqueófitas).[1][3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A classe Horneophytopsida agrupa plantas extintas de formato ramificada, sem folhas, raízes verdadeiras ou tecido vascular, encontradas em depósitos datados entre o Siluriano tardio e o Devoniano precoce (cerca de 430 a 390 milhões de anos atrás).

Estas plantas são mais simples conhecidas do grupo Polysporangiomorpha, ou seja plantas com esporófitos que possuem muitos órgãos formadores de esporos (esporângio) em caules ramificados.

O grupo foi anteriormente classificadas entre os Rhyniophytas, mas foi descoberto mais tarde que alguns dos membros originais do grupo tinha tecido vascular simples e as outras não.

Em 2004, foi um cladograma para os Polysporangiomorpha em que o Horneophytopsida são mostrados como o grupo irmão de todos os outros poliesporangiófitos.[4] Um outro grupo, atribuído ao género fóssil Aglaophyton, também é colocado fora do clade das traqueófitas, uma vez que não apresentam tecido vascular verdadeiro (em particular não apresentam traqueídos), embora o tecido condutor seja mais complexo do que o dos membros do grupo Horneophytopsida.[5]

Na sua presente circunscrição taxonómica, a classe inclui os géneros Tortilicaulis, Caia e Horneophyton, sendo este último o género mais conhecido.

Sistemática e filogenia[editar | editar código-fonte]

Na sua presente circunscrição taxonómica o grupo pode ser classificado da seguinte forma:

  • Filo Horneophyta[6][7]
    • Classe Horneophytopsida Němejc 1960 [Horneophytidae Němejc 1963; Langiophytopsida Doweld 2001]
      • Ordem Horneophytales Němejc 1960 [Langiophytales Doweld 2001]
        • Família Horneophytaceae Němejc 1960 [Horneophytaceae Koidzumi 1939 nomen novum; Langiophytaceae Doweld 2001; Horneaceae Hirmer 1927; Pectinophytaceae Ananiev 1963]
          • Género ?†Emphanisporites McGregor 1961 [form taxa- spores]
          • Género ?†Salopella Edwards & Richardson 1974 [form taxa- stem; axis]
          • Género ?†Tarrantia Fanning, Edwards & Richardson 1992 [form taxa- stem with sporangia]
          • Género †Tortilicaulis Edwards 1979
          • Género †Caia Fanning, Edwards & Richardson 1990
          • Género †Horneophyton Barghoorn & Darrah 1938 [Hornea Kidston & Lang 1920 non Baker 1877; Langiophyton Remy et Hass 1991 form taxa- gametófito feminino]

A filogenia do grupo, com ênfase no agrupamento Horneophytopsida (cladograma parcial com base na obra de Crane, Herendeen & Friis 2004):[4]

Polysporangiomorpha


Aglaophyton



Tracheophyta



Horneophytopsida

Tortilicaulis




Caia



Horneophyton





Referências

  1. a b Kenrick, Paul & Crane, Peter R. (1997), The Origin and Early Diversification of Land Plants: a Cladistic Study, ISBN 978-1-56098-730-7, Washington, D.C.: Smithsonian Institution Press 
  2. Kenrick, Paul & Crane, Peter R. (1997), The Origin and Early Diversification of Land Plants: a Cladistic Study, Washington, D.C.: Smithsonian Institution Press, ISBN 978-1-56098-730-7
  3. Peter R. Crane et al 2004, Fossils and plant phylogeny. Am. J. Bot. October 2004 vol. 91 no. 10 1683-1699 doi: 10.3732/ajb.91.10.1683
  4. a b Crane, P.R.; Herendeen, P. & Friis, E.M. (2004), «Fossils and plant phylogeny», American Journal of Botany, 91 (10): 1683–99, PMID 21652317, doi:10.3732/ajb.91.10.1683, consultado em 27 de janeiro de 2011 
  5. Crane, PR; Crane, PR; Herendeen, P. & Friis, EM (2004), American Journal of Botany, 91 (10): pp. 1683–1699.
  6. Novíkov & Barabaš-Krasni (2015), Modern plant systematics, ISBN 978-966-397-276-3, Liga-Pres, doi:10.13140/RG.2.1.4745.6164 
  7. «Part 2- Plantae (starting with Chlorophycota)», Collection of genus-group names in a systematic arrangement, consultado em 30 Junho 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]