Horneophytopsida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2014)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Horneophytopsida é uma classe de plantas extintas de formato ramificada, sem folhas, raízes verdadeiras ou tecido vascular, encontradas a partir do Siluriano tardio ao precoce Devoniano (cerca de 430 a 390 milhões de anos atrás). Elas são as mais simples conhecidas Polysporangiomorphas, ou seja, plantas com esporófitos que carregam muitos órgãos formadores de esporos (esporângio) em caules ramificados. Elas eram anteriormente classificadas entre os Rhyniophytas, mas foi descoberto mais tarde que alguns dos membros originais do grupo tinha tecido vascular simples e outras não.

Em 2004, Crane publicou um cladograma para os polysporangiophytes em que o Horneophytopsida são mostrados como o grupo irmão de todos os outros polysporangiophytes. Um outro ex-rhyniophyte, Aglaophyton, também é colocado fora do tracheophyte clade, uma vez que não possuem tecido vascular verdadeiro (em particular não têm traqueídos), embora o seu tecido condutor seja mais complexo do que o do Horneophytopsida.

A classe inclui atualmente os gêneros , e Horneophyton é o gênero mais conhecido.

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Crane, PR; Crane, PR; Herendeen, P. & Friis, EM (2004), , American Journal of Botany 91 (10): 1683–99,  : , , retrieved 2011-01-27 Herendeen, P. & Friis, EM (2004), , American Journal of Botany 91 (10): 1683-1699,  : , , recuperado 2011-01-27