Ilha do Fogo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Ilha do Fogo (desambiguação).
Fogo

Localização do Fogo

Gentílico: foguense
Maior centro urbano Cidade de São Filipe, cerca de 7.894 habitantes.
Municípios Mosteiros,
Santa Catarina do Fogo e
São Filipe
Área 476 km²
População 37.861[1]
Grupo Sotavento
Elevação máxima 2.829 m, Pico do Fogo
Coordenadas 15° 03′ N e 14° 48′ N
24° 16′ W e 24° 30′ W

Mapa do Fogo

Fogo (ou Djarfogo que significa Ilha do Fogo[2]) é uma das 10 ilhas que constituem o arquipélago de Cabo Verde, foi a segunda ilha a ser povoada. São Filipe é a terceira cidade mais antiga do arquipélago, atualmente divide com Mosteiros a posição de 5ª maior cidade do país. A ilha é vulcânica e é a mais saliente do grupo, devido à altitude do vulcão Pico do Fogo. O vulcão tem estado historicamente activo e sua última erupção teve início em 23 de Novembro de 2014[3]. A sua característica mais espetacular é uma cratera com 9 km de largura, com uma bordeira de 1 km de altura. A cratera tem uma fenda em sua parede oriental, e um grande pico eleva-se em seu centro. O cone central Pico constitui o ponto mais elevado da ilha (2829 m) e seu cume é cerca de 100 m mais alto do que a bordeira da cratera que o circunda. Lava do vulcão tem alcançado a costa oriental da ilha em tempos históricos.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A ilha do Fogo possuía, em 2010, 36.447 moradores, divididos em três territórios municipais [4]:

- São Filipe: 21.871 habitantes [2010]

- Mosteiros: 9.364 habitantes

- Santa Catarina do Fogo: 5.212 habitantes.

Serviços de Saúde[editar | editar código-fonte]

Localizam-se apenas em um município[5]:

- Hospital São Filipe

- Hospital São Francisco De Assis, em Sao Filipe

Transportes[editar | editar código-fonte]

O único aeroporto (Aeródromo) localiza-se em São Filipe, com vôos irregulares para a capital, Praia.

A empresa Cabo Verde Fast Ferry faz a conexão marítima da Ilha do Fogo, pelo porto de Vale-dos-Cavaleiros, com as demais do país. O navio Kriola tem viagens semanais de ida e volta à capital Praia, a depender das condições meteorológicas, com bilhetes custando por volta de 4.000 escudos cabo verdianos, aproximadamente 40 Euros. [6][7]

Estabelecimentos[editar | editar código-fonte]

Ilha do Fogo vista da cabine do piloto de um Airbus
Plantas endémicas no jardim do museu em São Filipe.

Flora[editar | editar código-fonte]

Plantas endémicas da ilha do Fogo:[8]

  • Crabo bravo (Erysimum caboverdiana)
  • Língua de vaca (Echium vulcanorum)
  • Losma (Artemisia gorgonum), uma planta medicinal com um sabor amargo.
  • Totolho (Euphorbia tuckeyana).

Línguas[editar | editar código-fonte]

Para além do português, língua oficial, a maioria da população do Fogo usa no dia a dia uma variante local do crioulo cabo-verdiano.

Personalidades[editar | editar código-fonte]

  • Henrique Teixeira de Sousa – escritor; médico
  • Pedro Monteiro Cardoso- escritor, poeta
  • Pedro Verona Rodrigues Pires – ex-presidente;
  • Dr. Azágua - educador, escritor, poeta.
  • Júlio Lopes Correia - político, governante.
  • Margarida Fontes - jornalista, poeta
  • Agnelo Henriques - político, administrador
  • Emanuel Miranda- Jornalista

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ilha do Fogo