Incesticide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Incesticide
Coletânea musical de Nirvana
Lançamento 15 de dezembro de 1992
Gravação 1988 - 1991
Gênero(s) Grunge, punk rock
Duração 44:44
Idioma(s) inglês
Formato(s) LP, CD, fita cassete
Gravadora(s) DGC
Produção vários
Cronologia de coletâneas musicais de Nirvana
Sliver: The Best of the Box
(2005)

Incesticide é uma coletânea da banda grunge estadunidense Nirvana. O álbum contém material diverso, incluindo desde canções inéditas até outras previamente lançadas, mas, em sua maioria, difíceis de serem obtidas. À época, a maioria do material incluído no Incesticide circulava entre os grupos de fãs, mas em baixa qualidade. Foi amplamente relatado na imprensa musical que a banda queria oferecer aos fãs uma alternativa de maior qualidade. O lançamento se deu, também, para aplacar a demanda do público por novo material do Nirvana após o lançamento do Nevermind, que, à epoca, já fazia mais de um ano.

Canções[editar | editar código-fonte]

Inéditas[editar | editar código-fonte]

  • As canções "Hairspray Queen", "Aero Zeppelin" e "Big Long Now" não tinham sido oficialmente lançadas à época; assim como "Been A Son", "Aneurysm" e "(New Wave) Polly", que eram versões diferentes das previamente lançadas no EP Blew, no compacto "Smells Like Teen Spirit" e no álbum Nevermind, respectivamente.
  • "Downer" foi incluída como faixa bônus na versão em CD do álbum de estreia da banda, Bleach, mas somente a partir da reedição de 1992

Previamente lançadas[editar | editar código-fonte]

  • "Dive" e "Sliver" foram lançadas no compacto "Sliver", de 1990. "Dive" também fora lançada na coletânea The Grunge Years, em 1991, pela Sub Pop
  • "Stain" fora lançada no EP Blew, em 1989
  • As três canções cover, "Turnaround" (do Devo), "Molly's Lips" e "Son of a Gun" (ambas dos Vaselines) integravam o EP Hormoaning, lançado somente na Austrália e no Japão, em dezembro de 1991 e janeiro de 1992, respectivamente.
  • "Mexican Seafood" apareceu na coletânea Teriyaki Asthma, vol. I, de 1989
  • "Beeswax" apareceu na coletânea Kill Rock Stars, de 1991

Arte de capa e embalagem[editar | editar código-fonte]

A arte da capa foi pintada por Kurt Cobain, que é creditado como Kurdt Kobain no texto do encarte. O pato de borracha que aparece no verso da capa pertencia a Cobain. A pintura da capa mostra uma papoula, sugerindo a luta do cantor com seu vício em heroína.

Algumas cópias do álbum continham um texto escrito por Cobain.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Nos EUA, o Incesticide foi lançado dia 15 de dezembro de 1992, em CD, fita cassete e LP, numa tiragem limitada de 15.000 cópias prensadas em vinil azul claro marmóreo. A gravadora decidiu por não promover muito o álbum, possivelmente para evitar uma "exaustão do Nirvana", já que a banda lançara o álbum Nevermind e quatro singles ao longo dos quinze meses precedentes. Apesar da carência de promoção, e de ser uma coleção de material antigo - inédito ou raro -, o Incesticide estreou na posição de número 51 da Billboard 200 e vendeu 500.000 cópias em dois meses. Foi certificado como álbum de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA).

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas por Kurt Cobain e Krist Novoselic, exceto onde indicado

LP

Lado 1:

  1. "Dive" – 3:55
  2. "Sliver" – 2:16
  3. "Stain" – 2:40
  4. "Been a Son" – 1:55
  5. "Turnaround" (Gerald Casale/Mark Mothersbaugh) – 2:19
  6. "Molly's Lips" (Eugene Kelly/Frances McKee) – 1:54
  7. "Son of a Gun" (Eugene Kelly/Frances McKee) – 2:48
  8. "(New Wave) Polly" (Kurt Cobain/Krist Novoselic/Dave Grohl) – 1:47

Lado 2:

  1. "Beeswax" – 2:50
  2. "Downer" – 1:43
  3. "Mexican Seafood" – 1:55
  4. "Hairspray Queen" – 4:13
  5. "Aero Zeppelin" – 4:41
  6. "Big Long Now" – 5:03
  7. "Aneurysm" (Kurt Cobain/Krist Novoselic/Dave Grohl) – 4:36

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Todas as sessões:

  • Kurt Cobain - voz, guitarra
  • Krist Novoselic - baixo

Reciprocal Recording, Seattle, Washington (EUA) - 23 de janeiro de 1988

Primeira demo do Nirvana (então com o nome Ted Ed Fred). As canções dessa sessão entraram no Incesticide em sua mixagem tosca, feita em uma hora, no dia da gravação, por Jack Endino.

- Canções: "Beeswax", "Downer", "Mexican Seafood", "Hairspray Queen" e "Aero Zeppelin"

Reciprocal Recording, Seattle, Washington (EUA) - dezembro de 1988 a janeiro de 1989

Sessões de gravação do álbum Bleach

- Canção: "Big Long Now"

  • Chad Channing – bateria
  • Jack Endino – produtor, engenheiro de som

Music Source Studios, Seattle, Washington (EUA) - setembro de 1989

Sessões de gravação do EP Blew

- Canção: "Stain"

  • Chad Channing – bateria
  • Steve Fisk – produtor

Smart Studios, Madison, Wisconsin (EUA) - 2 a 6 de abril de 1990

Sessões para o planejado segundo álbum pela Sub Pop

- Canção: "Dive"

  • Chad Channing – bateria
  • Butch Vig – produtor

Reciprocal Recording, Seattle, Washington (EUA) - 11 de julho de 1990

Sessão para o compacto "Sliver"

- Canção: "Sliver"

  • Dan Peters – bateria
  • Jack Endino – produtor, engenheiro de som

Maida Vale Studio 3, Londres (Inglaterra) - 21 de outubro de 1990

Sessão da rádio BBC para John Peel

- Canções: "Turnaround", "Molly's Lips" e "Son of a Gun"

  • Dave Grohl – bateria
  • Dale Griffin – produtor
  • Mike Engles – engenheiro de som
  • Fred Kay – engenheiro de som

Maida Vale Studio 4, Londres (Inglaterra) - 9 de novembro de 1991

Sessão da rádio BBC para Mark Goodier

- Canções: "Been A Son", "(New Wave) Polly" e "Aneurysm"

  • Dave Grohl – bateria
  • Miti Adhikari – produtor
  • John Taylor – engenheiro de som

Referências