Instituto Nacional do Câncer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético.
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{spam}}, regra n° 6 da eliminação rápida.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Inca (desambiguação).
Hospital do Instituto Nacional do Câncer (Inca), na Praça da Cruz Vermelha, no centro do Rio de Janeiro. Foto: Fernando Frazão / ABr

O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA)[1] é o órgão brasileiro auxiliar do Ministério da Saúde que atua no desenvolvimento e coordenação de ações integradas para a prevenção e controle do câncer no Brasil.

Tais ações são de caráter multidisciplinar e compreendem a assistência médico-hospitalar, prestada direta e gratuitamente aos pacientes com câncer, no âmbito do SUS, e a atuação em áreas estratégicas como a prevenção e a detecção precoce, a formação de profissionais especializados, o desenvolvimento da pesquisa e a informação epidemiológica. Todas as atividades do INCA têm como objetivo reduzir a incidência e mortalidade causada pelo câncer no Brasil.

O INCA é uma unidade integrante da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS). Como estabelece o Decreto Presidencial nº 8.065[2] , de 7 de agosto de 2013, são atribuições do INCA:

I – participar da formulação da política nacional de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer;

II – planejar, organizar, executar, dirigir, controlar e supervisionar planos, programas, projetos e atividades, em âmbito nacional, relacionados à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento das neoplasias malignas e afecções correlatas;

III – exercer atividades de formação, treinamento e aperfeiçoamento de recursos humanos, em todos os níveis, na área de cancerologia;

IV – coordenar, programar e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas e experimentais em cancerologia; e

V – prestar serviços médico-assistenciais aos portadores de neoplasias malignas e afecções correlatas.

O Instituto[editar | editar código-fonte]

O Instituto direciona sua atuação multidisciplinar ao desenvolvimento de programas e ações, incluindo projetos, estudos, pesquisas e experiências eficazes de gestão com instituições governamentais e não governamentais, além de manter acordos internacionais de cooperação em várias frentes, formando redes de conhecimento técnico e científico e buscando reduzir o impacto regional e global da doença.

Missão:[editar | editar código-fonte]

Promover ações nacionais integradas para prevenção e controle do câncer.

Visão estratégica:[editar | editar código-fonte]

Exercer plenamente o papel governamental na prevenção e controle do câncer, assegurando a implantação das ações correspondentes em todo o Brasil, e, assim, contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população.

Assistência[editar | editar código-fonte]

O INCA presta serviços médico-assistenciais aos portadores de neoplasias malignas e afecções correlatas em todas as etapas do cuidado.

As unidades assistenciais oferecem serviços de confirmação de diagnóstico, estadiamento, tratamento, reabilitação e cuidados paliativos, com atendimento multiprofissional integrado.

Dentro do modelo técnico-científico proposto para o INCA, todas as atividades assistenciais estão vinculadas à formação de recursos humanos nas diversas especialidades oncológicas, ao desenvolvimento da pesquisa clínica e à divulgação científica.

Unidades hospitalares:[editar | editar código-fonte]

O Instituto conta com cinco unidades hospitalares na cidade do Rio de Janeiro que oferecem ao todo 413 leitos (incluindo os de internação hospitalar, de terapia intensiva e de pronto atendimento) para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Capacidade instalada do INCA

Unidade assistencial Leitos

Hospital do Câncer I 196

Hospital do Câncer II 87

Hospital do Câncer III 55

Hospital do Câncer IV 63

Centro de Transplante de Medula Óssea 12

Total 413

Referências

  1. INCA agora se chama Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva
  2. «Decreto n� 8065». www.planalto.gov.br. Consultado em 2015-11-17.  replacement character character in |título= at position 10 (Ajuda)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]