Itaipé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Itaipé
Vista de Itaipé

Vista de Itaipé
Bandeira de Itaipé
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Fundação 30 de dezembro de 1962
Gentílico itaipeense
Prefeito(a) Alexsander Rodrigues Batista (PP)
(2017–2020)
Localização
Itaipé está localizado em: Brasil
Itaipé
Localização de Itaipé no Brasil
17° 24' 07" S 41° 40' 07" O17° 24' 07" S 41° 40' 07" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Mucuri IBGE/2008[1]
Microrregião Teófilo Otoni IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Novo Cruzeiro, Caraí, Catuji, Ladainha e Teófilo Otoni
Distância até a capital 530 km
Características geográficas
Área 480,931 km² [2]
População 11 798 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 24,53 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,633 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 48 120,407 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 024,12 IBGE/2008[5]
Página oficial

Itaipé é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada pelo IBGE em 2015 era de 12.572 habitantes.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Os primeiros habitantes da região foram os empregados da fazendo de Joaquim Esteves da Silva Pereira. O local era chamado de Rio Preto. Em 1911 foi criado o distrito, pertencendo ao município de Teófilo Otoni. Neste período o local passou a ser denominado de Arraial Itahypé, sendo em 1923, alterado para somente Itaipé. Em 1938, torna-se distrito do município de Novo Cruzeiro e tendo sua emancipação política em 1962.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cidade tem uma área de 482,931 Km², com topografia de relevo montanhoso e ondulado (cerca de 70%).

O ponto mais alto é de 1.258m (acima do nível do mar) na Pedra D´Água.

O rio Preto, que nasce na Pedra do Gado, corta todo o município, fazendo parte da bacia do Rio Mucuri.

A população Urbana do município é de 4.943 habitantes (41,9%) (todos na sede) e 6.855 na Zona Rural (58,1%). Censo 2010

Está distante 528 km de Belo Horizonte, tendo acesso pelas rodovias BR-116, MG-214.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rio Preto.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Um dos poços da cachoeira.
Itaipé possui uma grande quantidade de cachoeiras.

Itaipé tem como de atração turística o "Lagedão" (popularmente chamado de Bica's), onde encontra-se piscinas, cascatas e escorregadores naturais, contornados por matas nativas. O local está situado próximo a cidade, na estrada que liga Itaipé a Novo Cruzeiro.

Só agora vem sendo despertado a visão turística do local e inicia-se a sua exploração desse segmento com o Projeto Rio das Pedras.

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Posse Prefeito Vice-Prefeito
4 de setembro de 1963 Euripedes Batista dos Santos Sinésio Gonçalves de Souza
2 de junho de 1967 José Gomes da Silva Sinésio Gonçalves de Souza
1 de setembro de 1970 Sinésio Gonçalves de Souza* -
2 de fevereiro de 1971 Eurípedes Batista dos Santos José Luiz Fernandes
2 de fevereiro de 1973 João Martins Sena José Rodrigues da Costa
2 de fevereiro de 1977 Eurípedes Batista dos Santos Manoel Rodrigues Jardim
1 de fevereiro de 1983 João Martins Sena Rodolfo Guedes
1 de janeiro de 1989 José Afonso Pereira Silva Ailton Soares da Costa
1 de janeiro de 1993 Eurípides Ramos Batista Enzo Gonçalves Barbosa
1 de janeiro de 1997 Francisco Carlos Rodrigues Sena Luiz Armando Gonçalves
1 de janeiro de 2001 Francisco Carlos Rodrigues Sena Geralda Silva Lucassen
1 de janeiro de 2005 Ernandes Ramos Batista Carlos Henrique Dias Santos
1 de janeiro de 2009 Gilmar Teixeira Nery Durvalino Dias Pinheiro
1 de janeiro de 2012 Gilmar Teixeira Nery Carlos Henrique Dias Santos
1 de janeiro de 2017 Alexsander Rodrigues Batista Adeilson Ferreira de Souza

*Face o falecimento do então prefeito José Gomes da Silva, do qual era vice.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Saturnino Rodrigues, nascido em Itaipé, é uma das maiores referências culturais da cidade, sendo ele ilustrador da editora Abril e responsável por muitas de suas capas, com destaque para a SuperInteressante, revista portadora de sua primeira capa na edição do 300 de Esparta. Itaipé tende-se a desenvolver de forma intensa na arte das pinturas e ilustrações, pois é grande o número de jovens que praticam bem essa arte, mas não sobrevivem dela...

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. «IBGE :: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística». www.ibge.gov.br. Consultado em 18 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]