Itaipava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Itaipava (desambiguação).
Vista do distrito.
A Estrada União e Indústria principal via do distrito,que ligava o Sul ao Norte do Brasil fora substituída pela BR-040. Atualmente serve de ligação entre o Centro de Petrópolis e seus distritos.

Itaipava é um distrito (o terceiro distrito da cidade) de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Conhecida como refúgio de inverno de diversas celebridades e da alta sociedade do Rio de Janeiro,[1] o distrito abriga diversos condomínios de alto padrão de casas e de prédios, clubes, e restaurantes com a mais refinada gastronomia da Região Serrana.[2]

Os inúmeros condomínios fechados de alto padrão que localizam-se em Itaipava, assim como pequenos shoppings com sofisticadas lojas e grifes, são ocupados, frequentados e mantidos por moradores do distrito e adjacências e também por parte da sociedade da capital do estado. O distrito ainda é famoso por abrigar uma gama de pousadas, hoteis e spas de emagrecimento com ampla infraestrutura.[carece de fontes?]

O distrito conta também com um Parque Municipal de Exposições onde acontecem vários eventos, exposições de arte e shows durante o ano.[carece de fontes?]

O distrito conta com uma Unidade de Pronto Atendimento médico (UPA), um quartel de Corpo de Bombeiros, Fórum ( Fórum Regional de Itaipava), 106ª Delegacia de Itaipava , o Horto de Itaipava (Hortomercado Municipal de Petrópolis José Carneiro Dias), quatro grandes supermercados.[carece de fontes?]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Existem várias etimologias possíveis para a palavra "itaipava", todas com base na língua tupi:

  • i'táim'pab (elevação de pedra)[3]
  • itu pewa (cachoeira chata)[4]
  • itáupaba (lago da pedra), através da junção dos termos itá (pedra) e upaba (lago)[5]
  • itá'ypaba (pedra que pára o rio), através da junção de itá (pedra), 'y (rio) e paba (terminar)[3]
  • A partir dos anos 90 a região passou a ser escolhida como refúgio de inverno, e segunda casa, de diversos artistas brasileiros, tais como Jô Soares,Wiiliam Bonner, Fátima Bernardes, Cissa Guimarães, dentre outros, por esse motivo passou a ser chamada e conhecida como a "Búzios Serrana", em referência ao balneário e também refúgio de artistas e celebridades brasileiras[5].

Clubes de campo[editar | editar código-fonte]

No distrito e em seus arredores, localizam-se diversos clubes de campo, como:

  • Itaipava Tênis Clube
  • Petrópolis Golf Clube
  • Itaipava Country Club
  • Promenade Country Club
  • Clube Campestre

Clima e hotéis[editar | editar código-fonte]

Conhecido pelo seu clima agradável, com temperaturas baixas grande parte do ano e com umidade inferior ao resto da cidade, o distrito possui diversa gama de pousadas de alto padrão, e também hotéis de grande porte.

Transportes[editar | editar código-fonte]

Há ligação direta entre o Rio de Janeiro e Itaipava, sendo feita por duas linhas, uma parte da Rodoviária Novo Rio (empresa Viação Águia Branca) e outra parte do Terminal Garagem Menezes Côrtes (empresa Única e Fácil). Há ainda a ligação com Teresópolis, Areal e São José do Vale do Rio Preto.

O distrito é acessado pela Estrada União e Indústria (que o corta em sua grande parte), pela Estrada das Hortências (BR-495) e pela Rodovia Washington Luís (BR-040).

No passado, também foi servido por transporte ferroviário entre os anos de 1890 e 1964, quando era cortado pela Linha do Norte da Estrada de Ferro Leopoldina. Com a supressão da linha férrea, a estação ferroviária do distrito foi posteriormente demolida. [6]

Comércio[editar | editar código-fonte]

Bem desenvolvido em sua principal via de deslocamento (Estrada União e Indústria), sendo referência na Região Serrana pelos restaurantes, shopping centers pequenos e sofisticados, e seu comércio especializado em malha.

Os arredores do distrito ainda abrigam a Cervejaria Itaipava, uma das maiores marcas de cerveja do Brasil.

Bairros e localidades do distrito[editar | editar código-fonte]

Apesar do municipio de Petrópolis não ter uma lei de bairramento, muitas de suas localidades tem origem nos nomes das antigas fazendas e sítios da região.

  • Região de Santa Monica: Santa Monica, Laginha, Santa Clara, Sumidouro e Estrada das Arcas
  • Região da BR 040: Manga Larga, Catobira, Ribeirão, Av. do Contorno e Castelo de itaipava.
  • Região da Reta de Itaipava: Reta de Itaipava, Arranha-céu, Pinhal e Parque Santa Maria
  • Região de Benfica: Benfica, Gentil, Jardim Americano e Madame Machado
  • Região do Cuiabá: Cuiabá, Vale da Boa Esperaça e Tapéra
  • Região Central do Distrito: Centro de Itaipava (trecho entre o Arranha-céu até o Trevo de Bonsucesso)

Turismo[editar | editar código-fonte]

Destacam-se: Castelo do Barão de Itaipava, Shopping Estação Itaipava, a Feirinha de Itaipava e Parque Municipal de Petrópolis.Em Itaipava fica localizado o Parque Municipal de Petrópolis[7]. Também as localidades próximas de Araras, Pedro do Rio (4º distrito) e Secretário atraem turistas com atrativos rurais, naturais e gastronômicos.

Referências

  1. Os novos refúgios da Serra
  2. Restaurantes, boas compras e vida noturna reúnem famílias em Itaipava
  3. a b FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.974
  4. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.976
  5. a b NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. 463 p.
  6. «Itaipava -- Estações Ferroviárias do Estado do Rio de Janeiro». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  7. Petrópolis

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Itaipava