Ivan Lessa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ivan Lessa
Nome completo Ivan Pinheiro Themudo Lessa
Nascimento 9 de maio de 1935
São Paulo
Morte 8 de junho de 2012 (77 anos)
Londres
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista e escritor
Magnum opus Gip!Gip!Nheco!Nheco!

Ivan Pinheiro Themudo Lessa (São Paulo, 9 de maio de 1935Londres, 8 de junho de 2012) foi um jornalista e escritor brasileiro.[1][2]

Filho do escritor Orígenes Lessa e da jornalista e cronista Elsie Lessa.[1] Era neto do pastor presbiteriano Vicente Temudo Lessa e bisneto do escritor e gramático Júlio César Ribeiro Vaugham, autor, entre outros, do romance naturalista A Carne e também criador da bandeira do estado de São Paulo[3]. Ivan foi editor e um dos principais colaboradores do jornal O Pasquim, onde assinava as seções Gip-Gip-Nheco-Nheco, "Fotonovelas" e Os Diários de Londres, escritos em "parceria" com seu heterônimo Edélsio Tavares. Lessa publicou três livros: Garotos da Fuzarca (contos, 1986), Ivan Vê o Mundo (crônicas, 1999) e O Luar e a Rainha (crônicas, 2005).[1]. Ivan Lessa morava em Londres desde janeiro de 1978 e escrevia crônicas três vezes por semana para a BBC Brasil.[1]

Ivan Lessa criou junto com o cartunista Jaguar o ratinho Sig (de Sigmund Freud), baseada na anedota corrente da época na qual se dizia que se "Deus criou o Sexo, Freud criara a sacanagem". O ratinho se tornou símbolo de O Pasquim, aparecendo também nas capas da coleção "As anedotas do Pasquim", publicada nos anos 70 pela Editora Codecri.[1]

Ivan Lessa também escreveu em 2003, a apresentação para o livro A sangue frio (1965), de Truman Capote, que em nova edição no ano de 2009, integrou a Coleção jornalismo literário, junto de outros livros renomados, como Berlim de Joseph Roth e Hiroshima, de John Hersey.[4]

Referências

  1. a b c d e «Morre aos 77 anos o jornalista e escritor Ivan Lessa». 9 de junho de 2012. Consultado em 9 de junho de 2012 
  2. Dilma, escritores e colegas lamentam a morte de Ivan Lessa
  3. FEDERICI, Hilton. Símbolos Paulistas: estudo histórico-heráldico. São Paulo: Secretaria de Cultura, Comissão de Geografia e História, 1981.
  4. «Exposição apresenta acervo do escritor Ivan Lessa». Consultado em 19 de abril de 2017 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ivan Lessa
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.