Jack Mulhall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jack Mulhall
Nome completo John Joseph Francis Mulhall
Nascimento 7 de outubro de 1887
Wappingers Falls, Nova Iorque, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 1 de junho de 1979 (91 anos)
Woodland Hills, Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação ator
Atividade 1910-1959
Cônjuge Bertha Vuillot
Laura Bunton Mulhall
Evelyn Wians Mulhall (1924-1979)[1]
Outros prêmios
Estrela na Calçada da Fama[2]
Mulhall com a atriz Madge Kennedy em um episódio de Goodyear Theater, 1959.
Jack Mulhall (esquerda) cantando com Conrad Nagel (c. 1920)
Anúncio do seriado The Brass Bullet, de 1918, estrelado por Mulhal.
Jack Mulhall em julho de 1920, na Motion Picture Magazine

Jack Mulhall, nascido John Joseph Francis Mulhall (7 de outubro de 18871 de junho de 1979), foi um ator de teatro e de cinema estadunidense que atuou principalmente na era do cinema mudo. Entre 1910 e 1959, trabalhou em mais de 400 filmes, cerca de 150 deles na era muda. Sua carreira inclui longas-metragens, curtas-metragens, seriados e séries de televisão dos anos 1950.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mulhall nasceu em Nova Iorque e graduou-se na Universidade Columbia.[3] Iniciou na carreira teatral com a West End Stock Company. Posteriormente, fez vaudeville[1] no Orpheum Circuit e atuou com James K. Hackett em The Grain of Dust.[4] Em seguida, participou do musical Blackouts of 1949, no Zigfield Follies, entre 6 de setembro e 15 de outubro de 1949.[5]

Sua estreia no meio cinematográfico foi na Biograph Company, com o filme The Fugitive, em 1910, e a partir de então assinou com várias companhias cinematográficas, como a Universal Pictures e a MGM, entre outras. Atuou em vários seriados, tais como The Brass Bullet, em 1918, e The Social Buccaneer, em 1923, ambos pela Universal Pictures.

Supostamente, foi um de uma série de modelos masculinos – Fredric March, Reed Howes e Charles Beach (1886–1952), entre outros – para a Arrow Collar Man nos anúncios ilustrados por Joseph Christian Leyendecker para a companhia de camisas Cluett Peabody & Company.

No fim da carreira, atuou em vários papéis não creditados[6] e em episódios esparsos de várias séries de televisão, tais como Adventures of Wild Bill Hickok, Dragnet e 77 Sunset Strip, na década de 1950. Seu último papel foi no filme The Atomic Submarine[7] em 1959.

Foi membro da Screen Actors Guild em 1934 e entre 1959 e 1976.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Foi casado três vezes: com Bertha Vuillot, que morreu pouco depois do casamento;[1] com Laura Bunton Mulhall,[8] de quem se divorciou e que em 1921 cometeu suicídio (com ela teve um filho, Jack Mulhall Jr);[1] [9] e com a atriz Evelyn Mulhall,[10] com quem viveu de 1924 até sua morte.

Morte[editar | editar código-fonte]

Mulhal morreu em 1979, aos 91 anos, de insuficiência cardíaca congestiva, na Motion Picture Country House,[1] onde vivia desde 1977. Está sepultado no Holy Cross Cemetery.[11]

Por sua contribuição para a indústria do cinema, Mulhall tem uma estrela na Calçada da Fama.[2]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jack Mulhall